terça-feira, 1 de março de 2011

Cambuci, a missão

Logo na primeira vez que ouvi dizer que o cambuci é espécie ameaçada de extinção senti por ele uma afeição instantânea. Foi em fevereiro de 2010, durante um curso sobre sementes na UMAPAZ.
Nunca tinha visto um fruto mais gordo na minha frente nem tampouco bebido o suco, tomado o sorvete ou experimentado a pinga de cambuci, mas saber da ameaça despertou em mim a urgência de fazer alguma coisa.
Desde então virei uma obcecada! Você pode achar engraçado o exagero (e eu também acho!), mas é verdade. Ando que só falo nisso!

Ainda no início do ano passado ganhei cerca de 5 quilos do fruto podre - colhidos ao pé da árvore às vésperas de irem para o lixo - e resolvi encarar a missão de fazer as sementes germinarem. Não é uma espécie fácil, não produz muitas sementes nem germina em qualquer condição, mas estudei um pouco a respeito das exigências e me propus o desafio.
Foram horas despolpando frutos estragados cheirando a vinagre (e eu detesto vinagre!), mais horas escolhendo as sementes mais promissoras e mais meses regando diariamente uma bandeja de terra sem a certeza de que dali viria alguma vida, mas um dia um brotinho apareceu trazendo a boa nova: deu certo! (leia aqui o post da época)

Depois desse primeiro vieram centenas de brotos, e cada um deles fez crescer em mim a sensação de estar, realmente, fazendo a minha parte. É indescritível!
Como infelizmente não tenho espaço para criar centenas de árvores, fiquei com alguns poucos e doei o resto para um viveiro amigo, com quem faço trabalhos voluntários de vez em quando, e tenho sempre notícias deles, meus filhotes cambucis.

Mas chegou de novo a época de frutificação do cambucizeiro (meados de fevereiro e março), e minha obsessão adormecida acordou! Por que não fazer tudo de novo?
Conversei com gente conhecida, pesquisei na internet, mandei e-mails, dei telefonemas e já consegui alguns frutos, mas ainda é pouco.
E foi então que veio a Mamma, criativa minha mãe, com uma ideia: por que não pedir ajuda no blog?

Pois estou aqui, prezado leitor, convidando você a participar comigo dessa empreitada. Topa me ajudar na missão de produzir o maior número possível de árvores de cambuci?
A espécie ocorre naturalmente apenas nos estados de São Paulo e Minas Gerais, na parte da serra do mar que dá para o planalto paulista e no início do planalto em direção ao interior, na mata pluvial Atlântica.
A região já não é muito extensa, e pra piorar a árvore não é muito frequente mesmo no seu habitat natural, então...

Mas não desanime! Se você tem vontade de ajudar, o primeiro passo é conversar com parentes, vizinhos, amigos e os conhecidos que tem sítio no interior ou casas antigas na cidade. Algumas décadas atrás a fruta foi bastante cultivada em pomares domésticos, então aquela velhinha simpática que mora na sua rua pode ter um pé de cambuci no quintal. Ou a irmã dela, ou uma amiga...
E a proposta é a seguinte: você me manda um tanto de frutos (maduros e até mesmo podres) ou me dá dicas de onde encontrar um cambucizeiro, eu cuido de todo o processo de beneficiamento das sementes, germinação e acompanhamento dos primeiros 6 meses (é uma árvore leeeenta pra crescer) e em retribuição te dou uma porcentagem (3%?) das mudas que nasceram das sementes que você conseguiu. O resto das mudas será encaminhado ao viveiro amigo, a projetos de reflorestamento e plantado em praças, parques e vias públicas de São Paulo, como já era o plano para os germinados no ano passado.

Quanto mais gente participar maiores as chances de um resultado incrível, porque além da quantidade, um outro fator importante é a variedade genética. Um reflorestamento de qualidade é feito com árvores de diferentes características genéticas mesmo se tratando de uma mesma espécie, neste caso o cambuci. Quanto mais fontes de sementes, melhor. Porque cada uma delas traz no seu DNA traços específicos, "qualidades" e "defeitos", e se todos os exemplares plantados no estado, por exemplo, forem filhos de uma mesma matriz, a variedade genética, característica importantíssima para a preservação da espécie, será pobre.

Aliás, para incrementar ainda mais essa questão da variedade de DNAs por aí, a ideia é te mandar de volta mudas de origem diferente das sementes que você doou, assim o resultado será ainda mais embaralhado.

E então, quem se anima?
Deixe um comentário, seu telefone ou endereço de e-mail e vamos logo começar com isso!

73 comentários:

  1. Infelizmente, eu moro distante da região citada (Sul de Minas, na Serra da Mantiqueira) mas, ainda assim, vou procurar saber se alguém por aqui já viu essa árvore. Adoro uma pesquisa e achei sua idéia genial !

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha se todos fizessem isso com as espéscies precisadas! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Que ótimo blog. Bem escrito e divertido. É a primeira vez que entro e estou "presa" aqui há horas, aha. Super me identifiquei porque há um tempo ando numa loucura de plantar comidas, sem falar que as dicas ecológicas não só são úteis, como necessárias. Amei os sacos de jornal, amanhã eles entram na rotina da minha cozinha.
    Beijos e parabéns!
    Joana

    ResponderExcluir
  4. Tirar a semente dos frutos,lava las ,nao podem sofre secagem pois diminui a germinacao. A germinacao tambem pode ser feita em*areia umida,mas nao encharcada para nao causar apodrecimento*!dentro de potes de vidro ou *pets transparentes cortadas ao meio,encaichadas novamente depois de semeadas e cobertas com uma fina camada de areia*apos tapar os potes a umidade se mantera constante nao avendo a nesecidade de regas.Basta deixa los em lugares claros mas longe do sol, e quanto germinar se estiverem amontoadas em um mesmo pote deslocalas aos 5cm em potes individuais,para que suas raizes nao se entrelace muito umas com as outras,deste modo elas nao sentirao muito o transplante para terra*protege las do sol pelo menos ate seus 10 ou 15 cm pois no comesso suas folhas sao frageis*,espero ter ajudado! claubucbm@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Flora, Mel e Joana, obrigada pela visita. Se encontrarem uma mina de cambuci dando sopa por aí, por favor me avisem!
    Claubucbm, obrigada pelas dicas. E você não conhece nenhum pé?
    Abraços,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  6. Willians ( willians_jg@yahoo.com.br )17 de março de 2011 01:39

    Gostei da sua iniciativa, gostaria de saber onde consigo comprar mudas de Cambuci.
    Se você souber me avise.........Obrigado

    ResponderExcluir
  7. Querida, amei seu blog!!
    Vou caçar essas sementes pra vc! Moro no RJ mas o que eu puder fazer pra judar... Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Juliana, parabéns pelo blog! Eu adorei e já vou colocar o link nos meus preferidos...
    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá !!! Vc tem o contato da Juliana??
      marcelothome59@gmail.com
      Obrigado

      Excluir
  9. olá! adorei a iniciativa! parabéns!
    bom, vim aqui pedir ajuda! estou construindo em um terreno de 600m², para uma área urbana atualmente este é um bom espaço. o problema é que o mato esta tomando conta do meu terreno, gostaria de limpa-lo, plantar uma área de grama e no restante fazer uma pequena horta, um belo jardim e plantar algumas frutíferas. Gostaria de alguma sugestão para a limpeza do terreno, pois todas as pessoas com as quais falei, aconselharam a utilização de produtos químicos, mas gostaríamos de evitar esta opção. você tem alguma sugestão do que poderíamos fazer para facilitar o controle desta vegetação não desejada?
    grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc deve roçar o mato ou carpi e deixa esse mato podrecer no proprio terreno nunca queimalo o proprio mato e o adubo organico entendeu ele proprio podrece na terra se joga produto quimico a terra perde toda proteina

      Excluir
  10. Cê,
    no momento não me ocorre nenhuma ideia diferente de arrancar tudo mesmo, no braço!
    Dá uma trabalheira e depois tem que ter uma manutenção cerrada, porque certamente o que está lá agora já produziu sementes e elas vão germinar assim que tiverem uma boa oportunidade (o que vai se fazer quando o matagal for arrancado e bater um solzinho na terra), mas jardim é assim mesmo!
    De qualquer maneira vou consultar um amigo que trabalha com reflorestamento e muitas vezes tem que lidar com mato alto pra fazer florestas no lugar, daí se surgir uma boa idéia te conto.
    Boa sorte na casa nova!
    Beijo e obrigada pela visita!
    Ju.

    ResponderExcluir
  11. tenho varios pes de cambuci e tambem da cereja ou plantinha dificil como vcs chamao.mais o melhor lugar para achar cambuci frutus ou mudas e em paranapiacaba.mais informaçoes entre em contato florindosbc@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  12. rosanamontero3@yahoo.com

    Tenho um pé de cambuci a pleno vapor, separei um tantão de frutos para vc. A árvore frutifica de 3 a 4 vezes por ano.
    Entre em contato.

    ResponderExcluir
  13. Você está sumida!
    Não nos abandone, tá bom?
    Coloquei seu blog na lista de blogs recomendados lá no Prituca.
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  14. Uma vez fui pra Paranapiacaba por causa de um concurso de arquitetura. Gostei muito da cidade e tal, mas o tal do CAMBUCI, me chamou muito a atenção. Tinha bolo, doce, cachaça, bala, suco, um monte de coisa verde feita da fruta. Me disseram então que essa era a fruta oficial da cidade.

    Eles tem até um festival do cambuci

    http://www.guiaparanapiacaba.com.br/?pg=noticia&id=646

    Enfim parece que dá muito lá ainda hoje. O clima na cidade é muito úmido e mais frio por causa da altitude e da mata ainda restante. Bem o clima serrano que vc falou no post.

    Enfim se tem um bom lugar pra conseguir frutos e sementes da planta é em Paranapiacaba. Se vc estiver algum fim de semana tranquila, dá um pulo lá. Fora que a arquitetura inglesa e a história da linha do trem já valem a viagem.


    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fui, Fer, e realmente o passeio é muito gostoso.
      Obrigada pela visita.
      Beijo grande,
      Juliana.

      Excluir
  15. Ei, Juliana, não some! :)
    To com saudade dos seus posts...

    Se eu vir frutinhas do cambuci ou souber de alguém
    que tem, corro aqui pra te contar.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Olá Juliana, li no Facebook sobre sua missão com o Cambuci e entrei no seu blog, vi este texto, e pelas fotos, descobri que temos um pé dele aqui em casa e eu nem sabia.
    Quando ele der frutos, te aviso !!!
    Tenho também algumas mudinhas de ipê amarelo, ele é mais fácil de germinar, se souber de alguém que queira, me avise.
    Parabéns pelo blog e pelas inciativas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Saleeeete, você tem um pé de cambuci!!!
    Tem certeza que é? Pergunto porque outro dia rolou um alarme falso; uma conhecida que tem uma árvore chamada Chapéu de Napoleão (dá flores amarelas e um frutinho pequeno meio parecido mas não é) e achou que fosse cambuci (que dá flores brancas e frutos verdes do tamanho de uma empadinha e até bem parecidos com elas).
    Onde você mora?
    Posso ir ver?
    Se preferir responder por e-mail:juliana@deverdecasa.com
    Beijo,
    Ju.

    ResponderExcluir
  18. Eu topo! Moro na Zona Norte de São Paulo, bem no pé da Serra da Cantareira. Tenho uma praça aqui do lado de casa que bem que está precisando de mais coisas. Como faço para receber? Tbm estou no FAcebook tá? Qq coisa, me mande um email para mecia@mecia.com.br
    Bjs!

    ResponderExcluir
  19. Salete Santos, eu quero ipê!!! Vou encher essa praça aqui de casa de coisa boa!!!!

    ResponderExcluir
  20. Olá! Sou Patricia, moro em Ribeirão Pires, bem próximo a Parapiacaba. Conheço o cambuci desde criança, e é minha fruta preferida. Ao saber que estaria em extinção, plantei uma muda no meu quintal, a qual cuido com muito carinho, e ontem me emocionei ao ver a primeira florzinha nascendo!!! Espero que ela venha a dar muitos e muitos frutos para eu poder contribuir para a sua causa, a qual me identifico muito. Conheço pelo menos duas pessoas que possuem pés de cambuci em suas chácaras aqui próximo, e posso arrumar os frutos para você! Entre em contato comigo: eucontigo@gmail.com. Parabéns pela iniciativa, pessoas como você fazem a diferença!!!

    ResponderExcluir
  21. eu tenho pes de cambuci em minha chacara, já estão produzindo a minha chacara ém embu guaçu e moro em sp ipiranga, me liga.
    j.ataide.silva@gmail.com

    ResponderExcluir
  22. Nancy Soares de Carvalho21 de março de 2012 04:32

    Olá, que delicia encontrar seu trabalho de resgate do cambuci. Somos uma cooperativa de produtores de cambuci. Eu já plantei cerca de 300 pés de cambuci e ainda pretendo plantar mais... Tenhos alguns nativos lindos e preservados. Que tal voce vir nos ensinar a produzir mudas? Entre em contato conosco no: cambucydaserra@bol.com.br. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nancy,
      delícia digo eu! Uma cooperativa de produtores de cambuci!
      Onde vocês estão? Vamos logo combinar de fazer algo juntos!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  23. oi, moro aqui em suzano e por aqui tem bastante...tem um bairro daqui chamado palmeiras que é cercdo pela mata atlantica onde vc encontra com muita facilidade. Outro dia estava com meu marido procuando por uma casa pra comprar e encontramos uma onde no quintal tinham uns 4 cambucizeiros carregadinhos...peguei um monte, fiz geleia com uma parte e deixei o restante dentro do garrfao com velho barreiro pra curtir(meu pai adora!!).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra,
      pinga de cambuci é um clássico!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  24. Parabens pelo Blog, adorei tudo o q vi, pena q moro no rj tao longe da onde o cambuci germina, pq vc nao posta umas fotos da arvore com flores e frutos para ficar mais facil de identificaçao? eu tenho um sitio com algumas especies bem diferentes pq é tudo de mata nativa, estava bem animada como vc mais pelo Bacuruvu,reconheci algumas arvores aqui e doei para um viveiro como vc mais este cambuci ainda nao sei se tenho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michely,
      plante pelo menos uma muda de cambuci no seu sítio, você vai adorar!
      Um abraço e volte sempre,
      Juliana.

      Excluir
  25. Olá Juliana, vi o link para este post no blog da Neide Rigo, o Come-se. Eu conheço o pessoal do Instituto de Permacultura da Mata Atlântica (IPEMA), já ouviu falar? Eles ficam sediados em Ubatuba e também estão nesta missão de recuperação do Cambuci, junto com o juçara e desenvolvem um projeto lindo por lá. Estão conseguindo fazer os produtores locais plantarem, pra vender a polpa do juçara misturada com cambuci. Acho que seria muito legal você se contatarem, para aumentar a variabilidade genética dos cambucis, como vc comentou no post. Se quiser me escreva: laura@ecossistemas.net e eu te dou o contato deles. Abraço e parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laura!
      Claro que eu quero conhecê-los!
      Obrigada pela dica, vou escrever para você.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  26. oi td bem? gostaria de saber se vc teria interesse em trocar algumas mudas de cambuci por mudas de jabuticaba açú. se sim, de uma olhada em meu blog : loucos por jabuticaba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia,
      demorou! Está topadíssimo!
      Eu estou em Holambra. E você?
      Como fazemos essa troca?
      Aguardo seu contato, me escreva no juliana@deverdecasa.com
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  27. Eu ia falar de Parnapiacaba, mas vi que a Patrícia já havia mencionado. Lá tem o festival do Cambuci (foi onde me apaixonei pela fruta). É bem fácil de chegar: descendo do trem em Rio Grande da Serra (município de Santo André, se não estou enganada), na primeira rua perpendicular aos trilhos, à direita, sai o ônibus cujo ponto final é Parnapiacaba. Lá todo mundo se conhece e não deve ser difícil conseguir voluntários para guardar sementes. Não sei se é possível ter em apartamento (minha sacada é grande), mas fiquei com vontade de "patrocinar" sua iniciativa comprando uma muda. Giselle

    ResponderExcluir
  28. Giselle,
    sim, conheço Paranapiacaba, e descobri que lá é que é difícil encontrar quem guarde sementes de cambuci para mim, porque todos já estão comprometidos com produtores de mudas e comidas à base da fruta na região.
    Mas sem dúvida é um lugar muito legal para passear e experimentar as mais diversas combinações de sabores com o cambuci.
    Obrigada pela visita e volte sempre.
    Um abraço,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  29. http://g1.globo.com/sao-paulo/verdejando/noticia/2013/11/cambuci-e-arvore-preferida-da-equipe-do-bom-dia-sao-paulo.html

    ResponderExcluir
  30. Oi parabéns pelo reflorestamento. pretendo fazer a mesma coisa aqui em Porto Alegre e queria te perguntar qual o tamanho das mudas quando plantadas no local definitivo e como fazes a escolha do local. São canteiros, calçados, terrenos descampados? è feita alguma cerquinha para as árvores? Tenho araucárias, pitangueiras, macieiras que pretendo plantar por aqui. Obrigado

    ResponderExcluir
  31. Olá a todos! O meu nome é Luis e vivo em Portugal. Já a alguns anos me apaixonei pelas frutas do cerrado e da mata atlântica brasileira. Já tenho algumas a crescer como a jaboticada hibrida e a de cabinho, 7 capotes, cambucá, cereja do Rio Grande do Sul, pitanga normal e preta, e guabiroba amarela. Já a algum tempo que procuro sementes de cambuci. Se for possível gostava que me enviassem sementes de cambuci ou outras. Não me importo de pagar. o meu mail é: luiseilda@sapo.pt Muito agradecido e muitos parabéns por este projecto conservacionista!

    ResponderExcluir
  32. Olá! Adorei o site. Segui a partir do Come-se. Gostaria de sementes do cambuci, alguém teria? anatolino@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ana , moro em S.B.Campo, no Riacho Grande , eu tenho um pé de cambuci com frutos, me passe seu endereço guaraciaguiar@ig.com.br que eu te mando sementes Guaraci S.Aguiar.Abs

      Excluir
  33. Só conheci seu blog neste abril de 2014, após ter visitado o Festival do Cambuci em Paranapiacaba. Parabéns pela iniciativa, pela luta por uma espécie pouco conhecida. Como minha mãe sempre teve casa com quintal no bairro do Cambuci, São Paulo, resolvi, há muitos anos, comprar uma muda num viveiro grande da cidade. Venderam algo parecido (por engano ou safadeza, não sei), folhas semelhantes, nunca deu fruto algum. Agora, vou plantar por semente, de frutos trazidos de Paranapiacaba. Assim, terei certeza de que a árvore será mesmo de cambuci. Torço para que um dia esse bairro paulistano tenha muitos pés de cambuci - como já teve -, justificando seu nome. Abs. Domingos

    ResponderExcluir
  34. Oi gente! Minha mãe está doida querendo sementes ou mudas de cambuci. Se alguem tiver e puder me mandar entre em contato cmg, eu pago o frete direitinho. Meu cep é 28899398. Meu e-mail é: alineperrota@hotmail.com. Obrigada

    ResponderExcluir
  35. Bom dia, tenho um amigo que possui uma chácara no Riacho Grande - SP. Ele possui alguns pés muito antigos de cambuci. Na época da frutificação, eles caem ao chão as centenas e lá ficam. Na próxima vez que for lá vou apanhar um montão para você. (padoc1@gmail.com)
    Parabéns pela iniciativa.
    Paulo

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde gostaria de comprar um pé de cambuci,porem gostaria de uma ou mais plantas dessa ja na faze juvenil ou adulta.
    Que seria para plantar em uma pequena área que tenho e vou refloresta-la,mas gostaria de contar com alguns pés de cambuci por serem nativos da região que é ribeirão pires-sp
    grato luciano rotieh.terceirizacao@uol.com.br

    ResponderExcluir
  37. Eis aqui mais um interessado nesse fruto,ouvia falar dele mas nao conhecia como era ate que vi uma reportagem na tv e desde entao pensei que talves pudesse encontrar arvores dessa fruta nas serras de mata atlantica onde moro.num sabado mes de março epoca em que os frutos estao caindo das arvores,peguei um facao e sai a minha missao procurar cambuci na mata e ao fim do dia a recompensa, encontrei seis arvores de cambuci quatro da variedade leopoldina e duas variedades guaçu.ass mario

    ResponderExcluir
  38. boa tarde MARIO vi seu comentario sobre o cambuci nas serras da mata atlantica e me surgiu uma duvida sobre as variedades do cambuci . Eu só conheço um tipo, preciso ver com voce os detalhes para tentar ter os dois tipos.MARIO eu sou RUI sou colecionador de frutiferas e hortaliças não convencionais e tenho grande interesse em trocar mudas e sementes de qualquer tipo de frutas.
    se puder entre em cantato . Email: pesqueirarui6@gmail.com (21)997852489-vivo
    ATT:RUI

    ResponderExcluir
  39. boa noite!
    excelente matéria sobre o Cambuci.
    como a maioria estou iniciando na arte do Cambuci e demais frutos da Mata Atlântica, tenho um sítio em Ribeirão Pires - SP.
    Bom pessoal estou precisando do fruto (comprar) se conhecerem quem tenha o fruto peço entrar em contato através do email - sitiosaojorge@hotmail.com - Franco

    ResponderExcluir
  40. comi muito fruto do cambuci bem esmagado e com muito acúcar mas não me lembro dele ter sementes eu acho que o plantio se dá por estacas eles caem no chão quando maduros.

    ResponderExcluir
  41. Oi Juliana, vi seu site por causa do cambuci e me identifiquei muito com sua história pois também tenho vontade de plantar cambuci por toda parte para evitar sua extinção.
    Moro em São Paulo, quase Guarulhos, e caso haja alguém na região que tenha sementes ( frutos) para doar, posso retirar.
    shirleyms@hotmail.com

    ResponderExcluir
  42. Pessoal,

    Gostaria de saber se alguém conhece algum lugar que venda mudas de cambuci e outras frutíferas nativas na região do Sacomã, Ipiranga, São Caetano, Santo André (sem ser Paranapiacaba...) ou São Bernardo. Moro na Estrada das Lágrimas, por isso gostaria que fosse nessas proximidades.
    Estou plantando algumas frutíferas no condomínio onde moro (já plantei grumixama, gabiroba, pitanga, goiaba e amora) e me interessei por plantar pelo menos um pezinho de cambuci. Aproveitando o espaço: se alguém tiver alguma notícia sobre mudas de fruta-do-sabiá, também será bem-vinda.

    Abraços a todos,

    Renato R. Rodrigues

    ResponderExcluir
  43. Ia me esquecendo: meu e-mail é ranzrod@hotmail.com

    Renato R. Rodrigues

    ResponderExcluir
  44. Se vc conhece mairipora sp vc vai achar em uma loja grande chamada lider rural la foi onde eu comprei vc acha de tudo eu tenho plantado 40 pes de frutas tudo comprado la cada uma diferente uma da outra espero ter ajudado ok.

    ResponderExcluir
  45. Se vc conhece mairipora sp vc vai achar em uma loja grande chamada lider rural la foi onde eu comprei vc acha de tudo eu tenho plantado 40 pes de frutas tudo comprado la cada uma diferente uma da outra espero ter ajudado ok.

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  47. Alfredo de Oliveira.
    Sou do interior de São Paulo da cidade de Mogi das Cruzes.
    Moro e trabalho em um Estádio de futebol,e consegui aqui um bom espaço para poder plantar as minhas mudas de Cambuci que ganhei de um rapaz que mora em um sítio próximo da minha casa.
    Ele diz ter bastante pé de Cambuci na chácara e lá tem muitas mudas então ele me trouxe algumas e vou dar algumasudas para meu cunhado plantar também no sítio dele.
    Assim como vc estou fazendo a minha parte.
    Reflorestando o Planeta com pés de Cambuci.

    ResponderExcluir
  48. Alfredo de Oliveira.
    Sou do interior de São Paulo da cidade de Mogi das Cruzes.
    Moro e trabalho em um Estádio de futebol,e consegui aqui um bom espaço para poder plantar as minhas mudas de Cambuci que ganhei de um rapaz que mora em um sítio próximo da minha casa.
    Ele diz ter bastante pé de Cambuci na chácara e lá tem muitas mudas então ele me trouxe algumas e vou dar algumasudas para meu cunhado plantar também no sítio dele.
    Assim como vc estou fazendo a minha parte.
    Reflorestando o Planeta com pés de Cambuci.

    ResponderExcluir
  49. Alfredo de Oliveira.
    Sou do interior de São Paulo da cidade de Mogi das Cruzes.
    Moro e trabalho em um Estádio de futebol,e consegui aqui um bom espaço para poder plantar as minhas mudas de Cambuci que ganhei de um rapaz que mora em um sítio próximo da minha casa.
    Ele diz ter bastante pé de Cambuci na chácara e lá tem muitas mudas então ele me trouxe algumas e vou dar algumasudas para meu cunhado plantar também no sítio dele.
    Assim como vc estou fazendo a minha parte.
    Reflorestando o Planeta com pés de Cambuci.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Alfredo de Oliveira,
      Também sou de Mogi das Cruzes e gostaria de saber se o seu vizinho ainda tem mudas de pé de Cambuci, pois gostaria de plantar pelo menos duas no meu quintal. Tenho várias árvores frutíferas e posso trocar com ele ou quem mais quiser algumas sementes ou mudas de physalis, pitaya e algumas outras que tenho em casa.
      Niliana

      Excluir
  50. Tenho uma fazenda em minas gerais e uma grande area de mata atlantica que foi desmatada antes da aquisiçao da referida fazenda. estou tentando recuperá-la e gostei da ideia de preservar o cambuci. caso tenha sementes ou mudas ou indicação de onde adquirir estarei de pronto providenciando o plantio da mesma e sua preservação. tenho parceria ainda com uma industria de polpa de frutas e estou em negociaçao para que a mesma produza polpa de cambuci assim a mesma fará plantio industrial o que evitara a extinçao do cambuci

    ResponderExcluir
  51. O post já tem anos, mas acabei caindo nele. Sou do interior de São Paulo e em uma viagem a Bertioga conheci a arvore algumas bebidas e sorvete de Cambuci. Percebi então que uma campnha para espalhar a arvore estava sendo feita, mudas estavam sendo doadas para moradores da região e vendidas para visitantes. Foi então que surgiu a vontade de conhecer e cultivar arvores e plantas nativas :). Comprei minha pequena arvorezinha de um ano, bem folhada, mas aos poucos suas folhas foram caindo, e hoje, não eesta mais nenhuma. :(. O tronco fino ainda estava verde pelo que verifiquei. Mas sinceramente não sei o que fazer pra recupera-la :(

    ResponderExcluir
  52. O post já tem anos, mas acabei caindo nele. Sou do interior de São Paulo e em uma viagem a Bertioga conheci a arvore algumas bebidas e sorvete de Cambuci. Percebi então que uma campnha para espalhar a arvore estava sendo feita, mudas estavam sendo doadas para moradores da região e vendidas para visitantes. Foi então que surgiu a vontade de conhecer e cultivar arvores e plantas nativas :). Comprei minha pequena arvorezinha de um ano, bem folhada, mas aos poucos suas folhas foram caindo, e hoje, não eesta mais nenhuma. :(. O tronco fino ainda estava verde pelo que verifiquei. Mas sinceramente não sei o que fazer pra recupera-la :(

    ResponderExcluir
  53. Temos uma árvore de cambuci em uma escola, que dá frutos.
    Eu preciso aprender a fazer as mudas. Como se escolhe a semente?
    Uma árvore produz ou tem que ser mais de uma (próxima)?
    Abraço
    paulinho7cordas@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola paulo! Sou professor de geografia aqui no município de Embu Guaçu região metropolitana de são paulo, tendo no sul do município grande área de mata atlântica e tenho como robe devolvera natureza espécies ameaçadas como é o caso do cambuci.O pé de cambuci precisa de outros para que seus frutos produzam sementes férteis, contato marcelino.v.m@bol.com.br

      Excluir
  54. Adoro plantar árvores, como não tenho sítio eu dou de presente mas gostaria de receber mudas de Cambuci se alguém tiver eu agradeço, meu email é eliane.fotos@bol.com.br.

    ResponderExcluir
  55. Oi boa noite!
    Joguei uns cambucis podres no jardim e nasceu muitas mudinhas, como mudar individualmente?qual o processo?

    ResponderExcluir
  56. Oi boa noite!
    Joguei uns cambucis podres no jardim e nasceu muitas mudinhas, como mudar individualmente?qual o processo?

    ResponderExcluir
  57. Eu tenho a fruta em casa,mas queria saber como faço a muda?

    ResponderExcluir
  58. Prezada Elaine, eu nao tenho condicoes de ajuda la pois nao entendo do tema. Eu preciso de 1 kg do fruto para curtir na cachaca. Voce pode vender? Grato

    ResponderExcluir
  59. Boa tarde,
    Referente a suapostagem de 2011 sobre o Cambuci, gostaria de saber se vc ainda continua produzindo mudas?
    Outra dúvida; vc sabe me dizer se a região de Paraty - RJ é boa para plantar o Cambuci?
    Fico no aguardo do seu retorno.
    Vou acompanhar seu blog!
    Abs,
    Emy
    emykato@gmail.com

    ResponderExcluir
  60. Olá! Estou conhecendo e gostando muito dos assuntos do blog! Porém, tenho uma dúvida, se plantado a partir da semente, quanto tempo demora pra frutificar? Vi um cara vendendo mudas mas se for demorar 80 anos vou procurar algum outro lugar rsrs
    Obrigado

    ResponderExcluir
  61. Olá! Me chamo Douglas e encontrei um fruto de cambuci no chão em uma area próxima do Parque Estadual da Serra do Mar (Núcleo Cunha). A árvore de cambuci é bem alta e está em meio a mata atlântica. Coletei as sementes desse fruto que são 4 semantes, e gostaria de saber como faço para germiná-las? Meu e-mail: douglaspsilocybe@gmail.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada por comentar.
E se você não tem um blog nem um endereço no gmail, para enviar seu comentário basta clicar na opção "anônimo", logo abaixo da caixa de texto. Mas, por favor, assine seu nome.