terça-feira, 12 de julho de 2011

Paisagista sem noção

Dê uma olhada nessa árvore. Preste atenção ao seu porte e ao tamanho de sua copa.

É uma Paineira (Chorisia speciosa), árvore nativa que atinge 30 metros de altura e 1,5 de diâmetro do tronco quando adulta. Certamente são essas as medidas deste exemplar; veja a base do tronco mais de perto:

Ela está plantada no centro de uma praça, que diga-se de passagem é o lugar mais apropriado para uma árvore deste porte. A copa ultrapassa os limites da calçada que cerca a praça, somando certamente mais de 20 metros de diâmetro.
Cercada de grama, suas raízes tem espaço suficiente para se desenvolver sem levantar cimento, asfalto, nem prejudicar sua própria estabilidade.
Mas eis que, em frente à praça, um novo prédio foi erguido e o paisagista responsável pelo projeto teve a ideia de presentear os moradores do lugar com um problema silencioso, que só vai se mostrar dentro de alguns anos.
Repare na árvore plantada na calçada:

É uma Paineira (Chorisia speciosa), árvore nativa que atinge 30 metros de altura e 1,5 de diâmetro do tronco quando adulta!!!
Uma foto mais de pertinho, pra você visualizar a encrenca:

Pode-se dizer que está tudo errado.
O micro-canteiro onde a muda está plantada, um quadradinho de 50 cm, vai ser totalmente ocupado pelo tronco em poucos anos. E a calçada, com menos de 2 metros de largura, tão caprichosamente construída, vai começar a ser levantada logo em seguida. Sem falar dos galhos, que dentro de algum tempo começarão a invadir as varandas dos andares mais baixos.
E então o assunto na reunião de condomínio será: o rateio de verba para remoção da árvore.
O ideal, na minha modesta opinião, seria chamar o paisagista e fazê-lo convencer os condôminos de que o correto é remover o prédio e deixar em paz a árvore escolhida e plantada por ele, mas...

Brincadeiras a parte, na hora de escolher uma árvore é importantíssimo analisar as características do local de plantio e o espaço disponível, para saber se são adequados ao tamanho da árvore ADULTA. Consultar um profissional (competente!) ou pelo menos fazer uma boa pesquisa a respeito das espécies indicadas para arborização urbana também é fundamental, para que depois a árvore - e também a população - não sofra as consequências de um plantio irresponsável como esse.
E olha que, neste caso, a dica da burrada está a poucos metros de onde ela foi feita!

Agora vote: você acha que, daqui a 15 anos, removerão a árvore ou o prédio?

3 comentários:

  1. olá! este é um caso complicado, ainda mais que a grande maioria da população não tem esse conhecimento sobre plantas, com certeza daqui a alguns anos terão que bancar o prejuízo e infelizmente retirar a árvore, uma pena, melhor seria tomarem providências já.
    Em relação a este mesmo problema, gostaria de saber se pode e ajudar, estou plantando uma mangueira lá na minha casa, e gostaria de saber qual a distância ideal da construção. Li em algum lugar que a raiz é proporcional a copa e que existe a técnica de poda preventiva, ou seja, se mantivermos a copa pequena, a raiz também não se expandirá, isso é verdade? se puder me ajudar, agardeço!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Cê, consultei um parceiro especialista e copio abaixo a resposta dele:

    Para qualquer mangueira, de porte grande ou pequena, é recomendável manter distancia de , pelo menos, cinco metros da casa.Isto porque, quando já estiver no início de sua fase adulta, precisará de luz para florir e, finalmente, frutificar.
    Não há fruto onde não bate luz.
    Lorenzi frutas (livro especializado) cita variedades diferentes de manga. Algumas são pés francos (oriundas de semente), outros são oriundas de porta enxerto com borbulhas da espécie desejada.
    Manga côco, manga rosa, manga espada, pele de moça são pés francos.
    Manga Haden, seus filhotes derivados Tommy Atkins e Keitt são de enxerto.
    Também de enxerto: Van Dyke e Palmer.
    Todas excelentes. As derivadas de enxerto costumam ser de porte menor, e também são mantidos pequenos na plantação através de podas. A cada ano, podam metade dos galhos. Os frutos vêm na madeira de dois anos.
    Não é recomendável tentar imitar poda assim, pois foge ao objetivo.
    A árvore é decorativa, dá sombra e dá frutos ao homem e aos animais!

    Esse é o Flores, sobre quem já postei aqui no blog. Procure por Flores Welle logo ali acima no campo de pesquisas do blog para ler sobre ele.
    Como você pode perceber, ele não é a favor dessa "condução" por podas; ele considera isso uma mutilação permanente, e a árvore sofre.
    Acho que você deveria procurar uma muda de espécie de porte menor, plantar o mais distante possível da casa e deixá-la crescer o mais a vontade possível.
    E mande fotos!
    Um beijo e seja sempre muito bem vinda ao De Verde Casa,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  3. Vai lá e conversa com os moradores ou o síndico o quanto antes, aí eles podem tentar mudar a árvore de lugar, sei lá.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por comentar.
E se você não tem um blog nem um endereço no gmail, para enviar seu comentário basta clicar na opção "anônimo", logo abaixo da caixa de texto. Mas, por favor, assine seu nome.