quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Come-se presentes

Acima à esquerda, mangaritos. À direita carás-moela e abaixo orelhas de padre

A teoria dos 6 graus de separação foi elaborada por pesquisadores da Microsoft e diz que todas as pessoas do mundo estão separadas umas das outras por apenas 6 laços de amizade, mas a julgar pela quantidade de coincidências que tenho vivido, certamente essa média vem caindo.

Na última segunda-feira tive a oportunidade de conhecer a Neide, do blog Come-se, atravessando a ponte de um único grau de separação entre nós. Fui levar para ela, em São Paulo, uma muda de limão Yuzu mandada pelo Edilson Giacon, do viveiro Ciprest.
Do Edilson sou cliente fiel; é um dos nomes mais conhecidos no ramo do cultivo e comércio de plantas especiais no Brasil. Se ele não conhece a espécie ou não sabe onde encontrar, é porque ela não existe - ao menos no país. E da Neide sou leitora assídua e cada vez mais admiradora; no blog aprendo sobre cozinha criativa, saudável, sem preconceitos e conheço novos ingredientes, além de escrever melhor só por ler o que ela publica. Texto bom tem esse poder. E, pra melhorar, a danada agora anda fazendo experiências no mundo das plantas, curtindo belezas e curiosidades das árvores e sementes que ganha ou encontra por aí.

Neide mora numa casa linda, toda amarelinha, e logo no início já vem se desculpando que o quintal está uma bagunça, que ela não é uma boa anfitriã... Mas é tudo modéstia, porque o quintal cheio de potinhos com mudas e sementes germinando não podia ser mais interessante, sem falar no chá com pão e geleia caseiros que convidam a passar o resto do dia lá.
Durante uma hora e meia que nem vi passar trocamos histórias, curiosidades, experiências, descobrimos mais amigos em comum e eu, que era só portadora de um presente, saí com as mãos cheias de coisas novas a experimentar. Ganhei mangaritos, carás-moela e orelhas de padre, que nunca comi nem plantei mas conheço das páginas do Come-se. Diversão garantida para os próximos meses, plantando e comendo meus presentes.

 E que seleto grupo de amigos e conhecidos, o meu.

8 comentários:

  1. Como é boa esta vida, não Juliana? Do nada, de repente acontecem estas coisas mágicas: encontros inesperados, presentes inusitados e, de quebra, a sensação de pertencimento num mundo que de alternativo não tem nada mais, já que o número de interessados vem crescendo. Muito bom! A troca é uma escada que nos leva à sabedoria e à plenitude. Abração, Angela
    http://noticiasdacozinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angela, você tem toda razão. O valor e o prazer das trocas e dos presentes é inexplicável. Desde o momento da escolha até a hora em que se vê a expressão de surpresa do presenteado, é curtição plena. E sim, esses sentimentos nos levam à sabedoria e à plenitude. Lindas palavras.
      Que todo mundo tenha a oportunidade de dar e receber muita coisa boa todos os dias. Assim, certamente faremos um mundo melhor.
      Um beijo e obrigada, sempre!
      Juliana.

      Excluir
  2. Tj

    Acompanho seu blog a algum tempo e hoje descobri através dele este site incrivel!!!! O Come-se. Muito legal. As receitas são demais - acho que não conheço metade dos ingredientes que ela usa, mas qualquer dia vou tentar uma receita mais simplesinha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Tj,
    obrigada por acompanhar o De Verde Casa, volte sempre e frequente o Come-se, você vai adorar!
    Um beijo,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  4. Excelente post. Já está marcado nos meus favoritos, irei recomendar para a redação do
    jornal para uma pauta, gostei muito bom.

    Fernanda Araujo - Swing
    Analista de programação swing para Site de Swing no jornal do povo

    ResponderExcluir
  5. Parabéns excelente texto. Seu site já está nos meus favoritos, irei recomendar para a redação do
    jornal para uma pauta, gostei muito.

    Fernanda Araujo Swing
    Analista de programação e Rede social de Swing no jornal do povo

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela postagem, irei recomendar para nossa redação fazer uma matéria sobre seu site. Julia Alves Ferreira Suporte ao cliente Alugue temporada

    ResponderExcluir

Muito obrigada por comentar.
E se você não tem um blog nem um endereço no gmail, para enviar seu comentário basta clicar na opção "anônimo", logo abaixo da caixa de texto. Mas, por favor, assine seu nome.