quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Minhocas de estimação

Uma boa opção para apartamentos e casas com pouco espaço disponível é a vermicompostagem. Não se assuste com o “vermi”, na verdade são minhocas.
No minhocário caseiro, minhocas se encarregam de transformar os restos da sua cozinha em húmus, aquele mesmo que você compra em supermercados e lojas de jardinagem.
É tudo muito simples: três caixas plásticas empilháveis, uma tampa, um pouco de terra ou humus só pra começar e um tanto de minhocas, cerca de meio litro. Duas das caixas devem ter furos no fundo, aproximadamente de meio centímetro de diâmetro, que podem ser feitos facilmente com uma furadeira doméstica.
.

Fundo das caixas do meio e de cima

E então tudo começa assim:

Caixa de baixo (sem furos no fundo, para armazenar o chorume)
.
A caixa de baixo fica sempre vazia. É ela quem vai recolher o líquido gerado durante a compostagem. Esse líquido, também conhecido como chorume, no caso da compostagem de materiais orgânicos é também muito rico em nutrientes, e, assim como o material sólido gerado, pode ser usado para adubas suas plantas. Você pode usá-lo para regá-las ou borrifá-lo nas folhas a cada 15/20 dias. Uma rápida observação sobre chorume: o que é gerado por lixões e aterros sanitários é altamente prejudicial para o meio ambiente por ser resultado de uma mistura descontrolada de materiais orgânicos, inorgânicos e muitas vezes tóxicos.
.
Caixa do meio
.
Na caixa do meio a mágica começa a acontecer. Quando inaugurar seu minhocário, você deve cobrir o fundo da caixa do meio com um pouco de terra (para as minhocas se sentirem em casa!), colocar as minhocas (no final do post falo mais sobre elas), depois colocar por cima o material orgânico (que aqui chamaremos de material úmido) e misturar a ele duas partes do material seco.
Um detalhe que acelera todo o processo de decomposição: quanto mais picados estiverem os materiais, tanto úmidos quanto secos, mais rápido você vai ter seu húmus pronto.
Assim:
Flores despetaladas, cascas de banana e laranja, talos de verduras e alguns guardanapos usados picados

Folhas secas inteiras

As mesmas folhas secas, agora picadas
.
Todos os materiais das fotos acima, úmidos e secos, misturados na caixa do meio

Conforme for gerando lixo úmido em casa você vai abastecendo o minhocário.
O que pode ser colocado nele:

Material úmido: restos de vegetais como talos não utilizados, cascas de frutas e legumes, filtro de café com a borra, saquinhos de chá, sobras de alimentos cozidos ou estragados (arroz, feijão, macarrão...), casca de ovo picada, podas de plantas do jardim, flores estragadas, etc.

Material seco: folhas secas de árvores e plantas, guardanapos de papel usados, papel toalha, jornal, etc.

Como tudo acontece?
O que garante uma boa decomposição, sem gerar cheiro ruim nem atrair insetos, é o correto balanceamento entre o úmido (nitrogênio) e o seco (carbono). Sempre que colocar seu lixo orgânico na caixa do meio você deve respeitar a proporção de uma parte de material úmido para duas de material seco, que pode ser composto só de folhas ou principalmente de folhas com um pouco de diferentes tipos de papel, como os citados acima. O minhocário pode ser abastecido todos os dias, desde que respeitadas essas proporções. Ter uma pá ou um ancinho sempre à mão ajuda na hora de cavar um buraquinho pra depositar o material um dia num canto, outro dia no outro...
No começo você pode ficar um pouco inseguro, cheio de dúvidas e perguntas, mas com o passar dos dias vai perceber que você mesmo consegue responder suas questões. A principal delas é a umidade. O normal e desejável é que o minhocário não produza cheiro ruim. Mesmo. Zero cheiro ruim. Aliás, muito pelo contrário. É muito comum abrir a tampa na hora de abastecer e sentir aquele gostoso cheiro de terra molhada pela chuva. Então se o seu minhocário ameaçar ficar fedido é fácil saber o que está acontecendo: muito material úmido para pouco seco. É o erro mais comum. Então basta acrescentar um pouco de folhas secas para compensar e passar a calcular com mais atenção a proporção uma parte de úmido para duas de seco no dia a dia.

Aparência do material da caixa do meio, ainda em abastecimento. A textura ainda é "grossa" porque a decomposição está apenas começando.

.
Mudança de andar
Bem, então um dia você vai ter enchido completamente a caixa do meio. Essa é a hora de passar essa caixa cheia para cima e colocar a que estava em cima, vazia, no meio. Aí então suas minhocas ficam no andar superior trabalhando para produzir o seu húmus enquanto você começa a encher a caixa do meio. Pelos furos do fundo da caixa de cima (lembre-se, a do meio e a de cima tem que ser furadas) o excesso de chorume vai escorrer, deixando seu adubo sequinho, e as minhocas vão se transferir para a caixa do meio conforme forem percebendo que você começou a enchê-la com “comida nova”.
Depois de aproximadamente 50 dias de repouso todo o material da caixa de cima vai estar transformado em húmus e você poderá usá-lo nos seus vasos, no jardim, na horta...
.
Aparência do materia da caixa de cima depois de 50 dias de repouso. Tudo já foi decomposto e a textura é bem mais fina que no início do processo.
.
Algumas minhocas ainda vão estar por aí, o que é ótimo para as plantas, mas a maioria delas já vai ter se mudado para a caixa do meio nesse período. E se por acaso nesse momento você não tiver uso para o húmus disponível, você pode dá-lo de presente para os amigos, em saquinho caprichado com laço e etiqueta contando como você produziu aquilo, claro! Quando sua caixa do meio estiver novamente cheia será hora de passá-la pra cima, e a de cima vazia para o meio, e tudo começa outra vez.
.
Caixa de cima cheia, pronta para iniciar os 50 dias de repouso.

Conjunto das 3 caixas com a tampa superior

O que não pode colocar:
- carne de qualquer espécie. Não é o alimento preferido das minhocas, tem decomposição lenta e pode atrair moscas
- excesso de frutas cítricas. O sumo é ácido e atrapalha um pouco o processo. Uma dica é deixar cascas de frutas como limão, laranja e abacaxi secarem por alguns dias antes de irem para o minhocário
- papel higiênico usado. Apesar do tema também ser DEJETOS, não misturemos os capítulos! Papel higiênico, aliás, pode ser jogado direto na privada mesmo. Vide post aqui.

Medos:
- as minhocas certamente tem mais medo de você do que você delas. Elas não avançam, não mordem nem correm atrás de ninguém, portanto se você está com receio, tome coragem e encare. Com o tempo passa a ser a coisa mais natural do mundo, acredite. Eu também já tive um pezinho atrás. Além do quê, você não vai ficar pegando em minhocas todos os dia e elas não fogem do minhocário para passear pela sua casa. Aliás, muitas vezes você mal as vê, porque quando levanta a caixa de cima para abastecer a do meio as minhocas que estão na superfície logo se escondem. Elas são fotofóbicas, não gostam de luz, então se enterram rapidinho.
- o minhocário em equilíbrio (e isso é fácil conseguir) não atrai ratos, baratas, formigas nem moscas. Também não tem cheiro ruim NENHUM, acredite.

Detalhes:
- se precisar viajar, não se preocupe, você não precisará de uma vermi-sitter! As minhocas podem ficar até três meses sem receber comida. Diminuem sua atividade e ficam dentro do minhocário numa boa até você retomar a rotina.
- com o minhocário em funcionamento as minhocas se reproduzem quando percebem que há muita oferta de comida para poucos indivíduos. É comum encontrar pequenas bolinhas amareladas misturadas ao composto. São os ovos. E quando percebem que a população está grande demais para pouca comida e espaço, a reprodução é interrompida. Inteligente, não?

Características e dimensões:
- para uma casa que produz aproximadamente meio litro de lixo úmido por dia (produção de duas pessoas, em média), um sistema de caixas de 30 X 40 X 15 cm de altura é o suficiente.
- para uma casa de três a cinco pessoas, que produzam um litro de resíduo orgânico por dia, as caixas devem ter aproximadamente 45 X 60 X 30 cm de altura.
- as caixas podem ser de plástico ou madeira, o que você achar mais conveniente. As minhas são de plástico reciclado, e normalmente esse material é produzido na cor marrom.
- é importante que a caixa de cima tenha uma tampa, para evitar que insetos depositem ovos no composto.
- alguns minhocários tem uma torneirinha na caixa de baixo para a coleta do chorume. Eu não acho necessário, simplesmente tiro as duas de cima e viro a caixa de baixo fazendo o líquido escorrer pela quina.

Sobre as minhocas:
- As minhocas mais adequadas para um minhocário em caixas são as dos tipos Vermelha da Califórnia e Gigante Africana. As explicações que encontrei são que são mais rápidas na decomposição do material e se adaptam bem a esse sistema estanque. Nunca experimentei outro tipo, mas talvez você possa tentar... As minhas, as Vermelhas da Califórnia, eu encontrei pela internet em produtor que fornece para pesqueiros. Encomendei pelo telefone e retirei numa loja de plantas em São Paulo.

Sobre comprar pronto:
Se tudo isso te parecer de difícil realização você pode pesquisar na internet empresas que vendem minhocários prontos. Minha sugestão é a Minhocasa, empresa sediada em Brasília-DF, com representante em São Paulo e vendas pelos Correios para todo o Brasil.
Animou-se? Então comece logo a fazer o seu dever de casa!

151 comentários:

  1. Olá!

    Gostaria de uma dica sobre aonde comprar essas caixas que vc utilizou para fazer o minhocário!
    Estou tentando achá-las faz tempo e não consigo! Mas eu mesmo quero comprar as caixas e fazer os furos, pois o minhocário da Minhocasa é muito caro!
    Se puder, me ajudaria muito se vc me falasse aonde conseguiu as suas caixas. Sou de São Paulo e meu e-mail é yarakm@yahoo.com.br
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. procure as caixas da " marfinite"

      Excluir
  2. Olá! Muito obrigada pela visita.
    Comprei minhas caixas na Marfinite do Ipiranga, em São Paulo.
    O site geral da Marfinite é www.marfinite.com.br, mas esta loja, especificamente, tem um site próprio: www.marfiniteipiranga.com.br
    Todos os produtos feitos em plástico marrom, que eles chamam de cor Café, são feitos com plástico reciclado, normalmente aparas que sobram da fabricação dos outros.
    Boa sorte com seu minhocário, volte para contar suas experiências e seja sempre muito bem vinda ao De Verde Casa.
    Um abraço,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal esse seu tutorial de como fazer a casa de minhocas, alem da dificuldade que estou tendo em ancontrar os recipientes adequados para esse bioma tive algumas duvidas, em outros sites que li sobre esse tipo de vermicompostagem sempre dizem que tem de fazer furos pequenos na tampa para entrar ar, e mencionam um pano permeável entre a segunda e terceira caixas, que é até plausivel pois senão as minhocas e a terra cairam para a terceira caixa. Como você fez para que essa queda não ocorra?

    ResponderExcluir
  4. Olá, Anônimo,
    Eu não uso o pano permeável. Às vezes acontece de encontrar uma ou outra minhoca passeando pela caixa de baixo, mas ela pode voltar pelo mesmo furo por onde saiu e tudo bem. O único problema é que se a terceira caixa (a do chorume, que é líquido) estiver cheia, a minhoca pode se afogar. Mas como o ideal é sempre coletar o líquido e não deixar que se acumule muito, não tenho perdido minhocas afogadas. Uma outra coisa que ajuda é colocar uma pedra ou um tijolo no fundo da terceira caixa encostado num dos cantos, assim funciona como uma ilha, se por acaso a caixa encher demais.
    Quanto à terra sair pelos furos, isso também não acontece por aqui. Os buraquinhos tem cerca de 5mm, no máximo, (podem até ser menores, eu é que exagerei) e como o composto lá dentro está sempre um pouco úmido, mesmo com a movimentação das minhocas na caixa ele não cai.
    E, por último, nenhum dos modelos de composteira em que me baseei tem furos na tampa, então também não os fiz. Acho que podem ser entrada de moscas ou bichos que gostem de frequentar substâncias em decomposição, apesar de que o sistema quando bem equacionado não exala cheiro, então prefiro uma tampa realmente fechada. E se você cuidar para alimentar a composteira sempre com uma parte de matéria úmida para duas de matéria seca (ou até um pouco mais), não há necessidade de ter furos para evaporação, pois o composto terá a umidade equilibrada. Para mim é esse o segredo: cuidar para não ter umidade demais. Assim você evita cheiro, mofo, fungos, chorume em excesso e problemas na decomposição. É melhor sempre errar pra mais matéria seca do que pra menos.
    E se surgirem outras dúvidas, estou à disposição.
    Um abraço e seja sempre bem vindo ao De Verde Casa,
    Juliana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É normal, os fungos também são agentes decompositores.

      Excluir
  5. Bom dia, meu nome é Paulo eu adorei esse post e todo o site eu não conhecia e me amarrei nele virei seu fã meus parabens pelo seu trabalho, eu vô instituir a vermecompostagem aqui em casa também, só queria saber qual o nome do modelo da caixa que você usou, aqui na minha cidade eu não achei nada parecido e sabendo o nome do modelo tentarei encontrar na net, quanto você pagou pelas caixas +/-?

    ResponderExcluir
  6. tenho uma grande duvida na proporçao da materia organica em relaçao a terra,queria saber quantos % tenho que colocar de terra e quantos % tenho que coloca de materia organica em um tambor de 60 litros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que colocar material seco de forma evitar umidade em excesso e facilitar a oxigenação evitando assim cheiro desagradável !

      Excluir
  7. Gabriel,
    na minha opinião é mais eficiente colocar material seco (folhas ou folhas + papel jornal, por exemplo) ao invés de terra, porque assim você consegue um bom equilíbrio de carbono (material seco) e nitrogêncio (material úmido), o que garante uma decomposição rápida e inodora.
    Quanto às proporções, é sempre uma parte de material úmido para duas de material seco, bem misturados.
    Se quiser, você pode encher todo o tambor de uma vez só e então deixá-lo iniciar a decomposição sem acrescentar mais nada. Neste caso você colocará dentro dele 20 litros de material úmido + 40 l de material seco.
    Ou então vá enchendo o tambor aos poucos e quando ele estiver completo você o deixa em repouso e inicia um novo tambor enquanto o primeiro completa a decomposição. Neste caso os volumes podem variar: num dia sua casa produziu 2 litros de material úmido, então você acrescenta a ele 4 litros de mat. seco e joga tudo no tambor. No dia seguinte você tem só 1 litro de mat. úmido, jogue no tambor com mais 2 de mat. seco, e assim por diante, até enchê-lo.
    Qualquer outra dúvida, não deixe de escrever.
    E obrigada pela visita!
    Um abraço,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  8. então é por este motivo que meu projeto esta dando errado...eu so estou colocando o material umido(nitrogenio)e falta o material seco(carbono).Entao eu poderia estar colocando ao inves de terra o capim seco,ou qualquer tipo de folha de jornal?

    ResponderExcluir
  9. Sim, Gabriel, é fundamental colocar duas partes de material seco para cada uma de material úmido, senão a decomposição não acontece e tudo apodrece.
    Você pode sim usar capim seco e um pouco de jornal, mas quanto mais variado for o material seco mais rico será o adubo produzido no final. O mesmo acontece com o material úmido: a variedade dele também enriquece o produto final.
    Só não é indicado colocar apenas jornal por ser um material industrializado, com tinta, etc. Um pouco tudo bem, mas acrescente principalmente folhas secas, e se possível variadas.
    Você pode juntar folhas verdes do chão e esperar que elas sequem, para então usar na composteira. É assim que eu faço.
    Qualquer outra dúvida, apareça!
    Um abraço,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  10. muito obrigado por tirar minhas duvidas...
    mas tenho uma ultima duvida
    eu tenho que misturar a materia que eu produzi no dia com a materia que ja esta no tambor,ou é so jogar por cima?

    ResponderExcluir
  11. Eu não misturo porque tenho minhocas na minha composteira e elas fazem a mistura por mim.
    Na verdade misturar não é fundamental, você pode ir só depositando em um dia em cima do outro, mas uma mexida ou outra de vez em quando oxigena a coisa toda e isso ajuda na decomposição. Tem gente que faz simples montes no chão, em cima de uma parte de terra do quintal, e de tempos em tempos "tomba" o monte, pra parte de baixo ir pra cima e a de cima ir pra baixo. Sempre ajuda.
    Um abraço e volte sempre,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  12. Olá! Seu blog é muito legal, parabéns! Adorei a idéia do minhocário, vou providenciar o material, já que adoro fazer minhas próprias coisas. Mas uma pergunta do Gabriel, aí em cima, me encucou: como a tinta do jornal é muito cheia de metais pesados, como ficaria isso? Penso que pode contaminar a terra, as plantas, não sei. O que vcs acham?
    Abraços e obrigada!

    Kenia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kenia,
      não sei exatamente as consequências da tinta do jornal. Ela tem chumbo, sim, mas não sei dos efeitos dessa contaminação.
      Se um dia aprender algo sobre isso, por favor volte aqui para nos contar.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  13. Olá Juliana,meu minhocario esta indo bem ,apos suas dicas....
    mas gostaria de saber uma coisa,sobre a venda do humus,você ja conseguiu vender o humus pronto?
    gostaria de saber também,se a serragem pode ser colocado na mistura também ?
    um abraço,espero sua resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriel,
      nunca nem tentei vender humus, uso todo o meu.
      Serragem pode sim ser adicionada à mistura, sempre mantendo as proporções, e quanto maior a variedade de materias secos e molhados, melhor.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  14. Juliana,
    Show de bola. Valeu por todas as informações e pela paciência em ajudar. A minha composteira já tá voando há 30 dias +/-. Eu tinha visto que depois de encher a do meio, o novo lixo iria para a caixa de cima e as minhocas subiriam. Achei estranho pq o chorume da superior iria pingar sobre a do meio mas é assim que ensinam lá no UOL. A outra dúvida é sobre a oxigenação. Ouvi dizer que tinha que mexer diariamente e eu estava fazendo isso. Tenho percebido que o fundo da caixa do meio fica sempre úmido demais e é onde as minhocas preferem ficar. Devo trazer ese material todo pra cima? Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orison,
      eu prefiro deixar a caixa que "descansa" em cima porque o chorume dela vai caindo sobre a de baixo, que está sempre ganhando matéria seca, e vai secando. Quando deixei essa caixa no meio ela nunca secou, justamente porque o chorume da de cima caía sobre ela.
      Sobre revolver o conteúdo todos os dias, eu não acho necessário. A umidade fica embaixo mas é lá que estão os furinhos, então o excesso acaba indo para a última caixa. Mas mexer também não estraga. Eu só tenho pena de ficar dando cambalhota nas minhocas toda hora...
      Um abraço!
      Juliana.

      Excluir
  15. Olá Juliana, adorei o seu blog!
    Iniciei a compostagem com minhoca nestas caixas de 3 andares há 45 dias. Fiz os furos, no inicio parece que estava dando certo, mas eu imagino que utilizei pouca meteria seca em relação a úmida e também fiz furos na tampa pq estava dando gotinhas na tampa. Hoje já estou com uma caixa cheia, mas está com fungo e mosquinhas. Adicionei mais materia seca agora, mas não sei se tem salvação...Acho que estragou. Gostaria da sua opinião, acha que vale misturar matéria seca a este composto e aguardar? Não sei se as minhocas estão vivas....Não sei o que fazer...Grata, Clarice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clarice, que bom que gostou do blog.
      Descobrir se as minhocas estão vivas é fácil, basta revolver a terra com uma pá e ver se elas se mexem. Colocar bastante matéria seca e aguardar é sempre bom, pode ser que o composto se estabilize.
      Os furos na tampa é que não são uma boa ideia, porque por aí sempre vão entrar moscas e outros bichinhos, e eles colocarão ovos lá dentro.
      Mas já passou muito tempo e só hoje vi seu comentário. Acho que ele ficou perdido por aqui, peço desculpas.
      Se quiser voltar para contar o que aconteceu no fim das contas, vai ser legal. Sempre aprendemos com as experiências dos outros.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
    2. Juliana,
      Bom dia! Acabo de ver que meu minhocário estava cheio de fungo e não estou vendo quase minhocas. Provavelmente morreram.
      Não quero desistir do minhocário. Alguma sugestão?
      Obrigada desde já

      Excluir
  16. Já estive olhando esse esquema de montar um minhocário e seu site é bem explicativo. Parabéns!
    Só um detalhe. No item "Mudança de andar" acho que tem um equívoco. Fala que devemos colocar a caixa vazia no meio e começar a enchê-la de material orgânico. Mas não seria mais fácil se o material orgânico fosse colocado na caixa de cima, e a caixa do meio fosse aquela que ficasse cheia esperando o final da compostagem?

    Abraços
    Marcos - Brasília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, obrigada e que bom que gostou do blog.
      Mais fácil é sim, afinal no dia a dia só seria necessário levantar a tampa para abastecer o minhocário. Só que quando a caixa cheia fica em "repouso" em cima, acabando o período de decomposição, ela não recebe pingos de chorume da caixa que está sendo diariamente abastecida, então o resultado final é um húmus mais sequinho, mais legal.
      Se ficar no meio ele estará sempre molhado ou pelo menos úmido demais, e é pior trabalhar com ele assim.
      Sacou?
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  17. Alô. Achei seu blog o máximo e com excelentes dicas.
    Muito obrigada. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Sweet, obrigada a você!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  18. Muito bom seu blog, inclusive foi por aqui que achei as caixas da Marfinite, já fiz meu minhocario, estou seguindo suas dicas. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria José, muito obrigada.
      Seja sempre bem vinda!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  19. olá.

    Tenho um minhocário do Thiago (Cadico), e ainda não coloquei as minhocas. vc acha q se eu colocar com um pouco de terra seria seguro mais para elas? muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Valéria,
      desculpe a demora para te responder.
      Um pouco de terra não faz mal, não. Não que seja mais seguro, mas é como um "mimo" para as minhocas. Logo no começo do minhocário você pode cobrir o fundo da caixa com uma camadinha fina, tipo um centímetro. Depois não é mais necessário colocar e as minhocas ficam super bem.
      Um abraço e volte sempre,
      Juliana.

      Excluir
  20. Sem querer encontrei o seu blog e adorei. Entendi tudinho e em breve vou dar inicio ao meu minhocario. Só não o faço agora por estar morando de aluguel,ficando o dia todo fora e não ter me alimentado em casa,então não tenho residuos para fazer o minhocario. Assim que terminara mimnha casa e parar de trabalhar,terei todo tempo do mundo para me dedicar ao jardim e quintal, então as minhocas serão minhas primeiras "visitas"..rs
    Só não li se o minhocario fica no sol, na chuva ou se em ambiente protegido,como area de serviço. Se tenho que coloca-lo no sol e recolhe-lo ou se ele pode ficar na sombra o tempo todo. Se voce puder me esclarecer,agradeço. Obrigada por passar dicas tão importantes para preservar o nosso ambiente e ainda nos ajudar a deixar o jardim lindo e " bem alimentado". Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciana, obrigada pela visita.
      O minhocário deve ficar sempre na sombra, porque no sol as caixas esquentam muito e as minhocas não ficam bem no calor.
      E, além de sombra, as caixas devem ficar protegidas da chuva, porque a água entre facilmente pelas frestas e molha muito o que a gente deve manter sempre mais para seco.
      Comece logo seu minhocário!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  21. Desculpe, esqueci de add meu endereço de email,,, mas devo faze-lo aqui publicamente ou ao enviar comentario, voce ja recebeu meu email? Obrigada

    ResponderExcluir
  22. Hummm posso aproveitar e divulgar o meu blog?

    DE TIJOLO EM TIJOLO.BLOGSPOT.COM.BR

    Obrigada

    ResponderExcluir
  23. Já visitei vários sites sobre compostagem caseira mas esse post é perfeito...adorei! Parabéns e obrigada! bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sane, volte sempre!
      Um abraço,
      Juliana

      Excluir
  24. Muito boas as suas dicas, estou engatinhando nesse assunto, mas já estou curtindo de montão. Comecei pelo interesse em cuidar melhor das minhas plantas e ainda estou começando a cultivar uma horta caseira. Ainda tenho muito que aprender mas seu post me ajudou muito, vou favoritar e voltar sempre.

    Muito obrigada e parabéns!!!

    Vanessa Baranauskas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa,
      você vai ver como o húmus faz bem para as plantas em geral, horta também. Recentemente ouvi um depoimento de uma senhora que mora numa cobertura cheia de plantas e sempre cuidou delas com adubos químicos. Há alguns meses ela começou um minhocário e disse que as plantas respondem rápido e gostam muito mais do húmus do que do adubo químico que ela usou por anos!
      Volte para contar a sua experiência.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  25. Prezados Amigos,
    Resolvi montar um kit igual ao proposto aqui quando vi na tv, um programa sobre o Minhocasa. No começo achei um absurdo comprar de outro estado o kit, sendo morador do Rio de Janeiro-Capital. O mais complicado foi encontrar caixas adequadas ao projeto, mas por uma dessas sortes do destino esbarrei com as caixas da Marfinite e mais sorte ainda , foi descobrir uma loja próxima a minha casa que vende as mesmas. A única diferença para o projeto proposto aqui, foi que coloquei a bica na terceira caixa para coletar o "chorume".
    No momento ainda estou enfrentando dificuldades para acertar a medida entre o material seco e o úmido,mas as dicas daqui me ajudaram muito. Esse desacerto inicial está atraindo muitos insetos e uma oportunista de uma lagartixa, que está morando próxima ao meu kit e fica só esperando esses mesmos insetos darem bobeira e virarem uma bela refeição gratuita ! Logo faço esse acerto entre os materiais.
    Entro hoje na terceira semana do meu projeto para destinação do lixo orgânico, considerando que aqui na rua existe coleta seletiva.
    Descobri também lá no sul do Brasil, uma pessoa que fez o mesmo e trocamos várias informações sem nunca termos nos vistos (tudo pela internet).
    Agradeço as informações aqui postadas e de longe esse blog é o mais didático. Afirmo isso por ter pesquisado muito e aqui me senti mais acolhido nas dúvidas.
    Valeu mesmo e PARABÉNS !
    Carlos Dário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Carlos Dário,
      fico feliz por ter ajudado, obrigada pelos elogios.
      O segredo do minhocário é colocar pelo menos duas partes de matéria seca para uma de matéria úmida. Se tiver ainda um pouco mais de seca, pode colocar que tudo bem. Só não pode aumentar a úmida.
      Com o tempo, um tanto de paciência e bastante observação a gente vai pegando o jeito.
      E a lagartixa é sua amiga, ela vai te ajudar a acabar com as moscas!
      Se tiver mais dúvidas, não deixe de escrever. Será um prazer ajudar.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
    2. Olá Cralos, eu também sou do RJ.
      poderia me dizer onde consigo comprar dessas caixas?
      eu uso umas caixas de peixaria brancas e não são boas.
      abraço e desde já obrigado!

      Excluir
    3. Ola, eu tambem ia perguntar onde foram compradas as caixas no RJ, acabei aproveitando viagem pra SP pra comprar as caixas lá, mas isso nâo é nada fácil pra transportar... no RJ so encontrei caixas de peixaria e mesmo assim eram caras, o preço de uma de 15 litros foi o preço que paguei na caixa apropriada pra compostagem de 36 litros...

      Excluir
  26. Estou iniciando com minhocário doméstico, estou com dificuldade, pois as minhocas insistem em fugir da caixa, coloco apenas verduras e casca de frutas, exceto de laranja e de limão, as caixa ficam em área coberta e arejada, gostaria de ajuda.
    antecipadamente, grato.
    Gilmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilmar,
      desculpe pela demora para responder.
      No começo as minhocas querem passear mesmo, mas com o tempo elas sossegam. Mantenha a caixa sempre fechada, assim elas não têm como sair. Se quiser ponha um peso sobre a tampa, mas não é fundamental porque elas não tem força para levantar a tampa de plástico. O peso é mais para você ficar tranquilo.
      O pouco que você descreveu está certinho: caixa em local arejado, frutas e verduras, sombra...
      Mantenha sempre a proporção de uma parte de matéria úmida (cascas e restos de alimentos) para duas partes de matéria seca (folhas secas, guardanapos, alguns pedaços de jornal) e tudo vai dar certo. Com o tempo elas aprendem sozinhas o que devem fazer.
      Qualquer dúvida, volte aqui!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
    2. Adorei esse site, Simples e prático. Já havia visitado outros mas o que mais gostei foi desse, pois tirou todas as dúvidas que tinha. agora só falta pesquisar se no Rio de Janeiro existem lojas que vendam as caixas e as minhocas.
      Um abraço
      Meiry

      Excluir
  27. tudo muito bem explicado. Vou começar o meu com garrafas pet , você acha que daria certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiago,
      elas vão comer seus resíduos de alimentos dentro da garrafa, sim, mas como você pensa em fazer a passagem de um estágio para o outro?
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
    2. eu fiz na garrafa Pet mas sem minhocas e nao deu certo, ficou muito ruim, isso que eu mexia de dois em dois dias (o que seria um dos trabalhos da minhoca, revirar a materia organica e por isso nao precisar mexer no local pra arejar)

      Excluir
  28. tenho projetos relacionados com ecologia e isso tudo seria 100% eco . vou tentar kk

    ResponderExcluir
  29. Juliana, boa noite.
    Temos um minhocário na Escola para tratarmos de conservar o planeta.Já temos o projeto a uns 4 anos.Nosso problema é que nem sempre conseguimos envolver os alunos.Hoje notei uns insetos na caixa de humos, parece barata.Nosso estado (RO) é chuvoso demais nessa época.Pensei em renovar o processo já que temos humus suficiente(a caixa não está totalmente cheia). Você acha que resolveria?
    Seu blog é tudo de bom
    Obrigada
    Norma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Norma, obrigada pela visita e pelo comentário.
      É comum que apareçam insetos, eventualmente, e isso costuma acontecer mais frequentemente quando a caixa passa algum tempo aberta.
      Começar de novo pode resolver, sim, mas se a caixa ficar aberta novamente e uma mosca (ou outro inseto) colocar ovos, começa tudo de novo.
      Não é grave ter alguns insetos, a não ser que a infestação seja enorme. Muitos outros bichos, além das minhocas, também são seres decompositores, como as centopéias, os tatus-bola e algumas baratinhas da terra.
      Só será ruim tê-los se forem muitos e assustarem as crianças saindo todos correndo/voando no momento em que abrirem a caixa.
      O principal é manter o sistema sempre o mais seco possível, com a proporção correta de resíduos secos e úmidos (se tiver dúvida, exagere um pouco nos secos), e o melhor indicador de que estamos fazendo a coisa certa é o cheiro. Se estiver fedido, falta colocar matéria seca. Se tiver cheiro de nada ou de terra molhada com a chuva, tudo certo!
      Qualquer outra dúvida, conte comigo.
      Um abraço e boa sorte,
      Juliana.

      Excluir
  30. Olá Juliana, adorei encontrar seu blog, tudo muito bem explicadinho com a maior simplicidade que qualquer um pode entender com muita facilidade. Facilidade também é a forma que vc trata um minhocário o que pra mim está sendo a maior dificuldade visto que minhas minhocas insistem em fugir, hoje cheguei ao extremo, como amanhã de manhã vou sair e ficar a maior parte do dia fora colei um jornal com fita crepe abaixo da tampa, minhas caixas não são iguais as suas apesar de ter muito pouco espaço entre gretas assim mesmo elas fogem. A uns dias percebi mofo por cima, mal cheiro e um monte de larva de moscas, um nojo. Tirei todas as larvas e acrescentei um pouco de jornal picado pra secar mais rápido, mas mesmo assim elas insistem em fugir, já estou pra desistir mas eu queria muito que desse certo. Faz uns 50 dias que comecei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já resolvi o problema com a ajuda de outra pessoa em um fórum, obrigada.

      Excluir
    2. Dê, desculpe a demora. Que bom que já resolveu o problema, mas fiquei curiosa pra saber como. Se puder, volte para me contar, assim você mesma pode ajudar os próximos que aparecerem por aqui com o mesmo problema.
      Um abraço e obrigada pela visita,
      Juliana.

      Excluir
  31. Esqueci, queria também lhe perguntar algo sobre: Muitas pessoas me disseram pra servir o composto para as minhocas depois que parou de esquentar, comigo elas fugiam quando esquentava, como vc trabalha com isto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê, num minhocário doméstico, onde as quantidades são pequenas, o composto mal chega a esquentar. Isso costuma acontecer em grandes pilhas de compostagem, onde esquenta tanto que às vezes sai até fumaça. Mas numa caixa dessas como as minhas, e provavelmente como as duas, onde o volume de restos colocados diariamente não passa de 2 ou 3 litros, não existe o problem de temperatura.
      Espero ter ajudado.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
    2. Oi Ju tbm voltei, obrigada pelas respostas. Tenho q discordar de vc quanto a esquentar, o meu primeiro minhocário foram aqueles 3 baldes e nossa como esquentava, chega escorrer água pela tampa, ainda hj continua esquentando só q lá não tem mais minhocas lá; para onde mudei as minhocas faço o seguinte, passo os restos no processador e enterro na caixa delas q agora só tem terra + fibra de côco; e coloco numa proporção de 3 xic. (chá) dá pra uns 3 dias. Desse jeito não esquenta e não funga. Ainda hoje dei uma revirada e vi q elas tão enormes e gordonas rsrsrs acho q peguei o jeito.
      Fiz uma composteira com palets igual os americanos; essa sim chega sair fumaça de tanto q esquenta, coloquei esterco de gado fresco e aparas de gramas, deu muita quantidade, mal to conseguindo revolver a pilha, é muito peso e tbm sai muito gás metano (é isso?)
      Então...é isso. Obrigada, bjus.

      Excluir
    3. Dê,
      agora entendi porque sua compostagem esquenta. É o formato da embalagem que você usa. Nos baldes, o composto fica em pilhas (mais alto do que largo), e dependendo da quantidade de material que você deposita ali, sempre haverá matéria orgânica sem contato com o ar, enterrada dentro da pilha. Dessa forma ela não tem como perder calor e daí tudo fica quente mesmo.
      Na composteira em caixas baixas e largas há mais superfície de composto em contato com o ar, então a temperatura não sobe tanto. Deu pra entender?
      Claro que mesmo nas caixas, se você coloca muito material de uma só vez, você acaba criando uma pilha e aí ele esquenta, por isso é importante observar o andamento da coisa nos primeiros dias, assim a gente vai entendendo quanto e como deve colocar de folhas e sobras de alimentos.
      Eu acho um pouco chato bater o lixo orgânico no processador; tenho preguiça dessas coisas. Faço no começo mas depois abandono.
      No meu minhocário vai tudo inteiro mesmo, ou no máximo picado na faca, com uma tesoura ou rasgado na mão mesmo, tipo casca de banana que é meio grande. E dá certo, minhas minhocas já acostumaram.
      E a composteira com palets fica pesada mesmo se a gente tem muito material a compostar. Nessas horas de tombar a pilha o bicho pega. Pense em fazer duas menores, o invés de uma grande, se você não tem alguém que possa te ajudar a fazer a força.
      Um beijo e volte sempre!
      Juliana.

      Excluir
    4. Verdade Ju, o bicho ta pegando mesmo, meu marido q o diga risoss.
      Quanto aos baldes vc acertou em cheio mais uma vez, eu tbm já havia percebido isso, vc é fera mesmo no assunto, obrigada.
      Agora Ju, to em dúvida em mais uma coisa, já to pensando em tirar o humus da composteira mas ta cheio de ovinhos como eu faço? Ou não faço. rsrsrs

      Excluir
    5. Dê,
      tire com os ovinhos mesmo, se o húmus estiver bem solto e sequinho, que as minhocas vão nascer nas suas plantas e isso é ótimo!
      Deixando minhocas no minhocário, para continuar o trabalho, tá tudo certo. E logo você vai ver que aparecerão ovinhos outra vez. Minhocário saudável é assim!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  32. Olá, achei exelente esse post!
    Fiz o mesmo, só que estou achando que minhas minhocas estão morrendo.
    Elas não estão se enterrando, estão todas em cima da terra e se movem muito lentamente, algumas estão tentando escalar e fugir.
    Estou usando terra preta, com misturas de cascas de frutas (maçã e banana), um pouquinho de erva-mate, pedaços de tomate, pedaços triturados de massa cozida e folhas de árvores seca bem triturados. Está tudo misturado com a terra e coloquei um pouco de água para ficar úmido.
    Elas estão em um local seco e arejado, sem contato direto com o sol.
    O que será que está errado?
    Aguardo o retorno e des de já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me esqueci de dizer que na mistura tem papel picado e guardanapos também.
      Faz 2 dias que começei.
      Quero muito que dê certo, pois estou querendo criar para se reproduzirem e usar para pesca.

      Excluir
    2. Anônimo,
      Dois dias é muito pouco, as minhocas ainda nem entenderam para onde se mudaram e você já está querendo que elas trabalhem! rsrs
      Calma, parece estar tudo certinho. Na verdade a única coisa que eu não faria é colocar a água, porque a matéria orgânica que vai se decompor já vai soltar muita água, e umidade demais é bem problemática num minhocário.
      Dê uns 10 dias antes de começar a abastecer suas caixas frequentemente e você vai ver que aos poucos tudo vai se acertando.
      E qualquer dúvida volte aqui.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  33. JULIANA TU ÉS UM AMOR DE PESSOA..............
    PODERIA ESCREVER UM LIVRO SOBRE O ASSUNTO PELO CONHECIMENTO QUE TEM.
    QUANDO UMA PESSOA AMA O QUE FAZ A GENTE NOTA NA HORA, ALÉM DOS COMENTÁRIOS AMÁVEIS QUE RECEBE.
    QUEM AMA OS ANIMAIS É BOA PESSOA....
    PARABÉNS....
    MILTON

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Milton, agradeço muito pelas palavras bonitas e todo o carinho.
      Fico feliz de ter leitores como você.
      Um abraço forte,
      Juliana.

      Excluir
  34. Olá Juliana, gostei muito de seu blog, principalmente sobre o minhocario, pois estou coletando informações para convencer o marido.
    Tenho uma dúvida: moro no litoral e umidade é um problema aqui. Como devo proceder? Tem dias que o choque termico aqui deixa tudo umido, chão e paredes, imagina no minhocário...
    bjs e desde já obrigada.

    Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia,
      os restos de vegetais que você vai colocar no minhocário também levam muita umidade para lá. O segredo é sempre adicionar uma boa quantidade de material seco (folhas beeeem secas, guardanapo picado, um pouco de jornal...), que aí o composto não apodrece e as minhocas podem continuar vivendo e trabalhando numa boa lá dentro.
      Convença o marido, diga a ela que o composto bem feitinho tem cheiro de terra molhada de chuva e mãos à obra.
      Qualquer coisa que precisar, estou por aqui.
      Um abraço e boa sorte!
      Juliana.

      Excluir
  35. Ola.... meu chorume ta saindo com um mau cheiro e uns bichinhos nele.... ja vi que nao misturei material seco na proporcao certa...

    ResponderExcluir
  36. Olá!

    Lagartixa come minhoca? Achei uma lagartixa na caixa de cima e parece que o numero de minhocas diminuiu muito.

    ResponderExcluir
  37. Oi Juliana, conheci seu blog recentemente, via Neide (Come-se) e já estou apaixonada. Desde que vi esse post não penso em outra coisa que nao seja iniciar uma criação de minhocas. Não encontrei as caixa na minha cidade e o site que você indicou não esta comercializando as composteiras. Felizmente, encontrei o site www.minhocariooficinadaterra.blogspot.com.br e fui muito bem atendida. Fiz o depósito ontem e hoje já recebi o número do correio para rastrear meu pedido. Assim que chegarem e já estiverem adaptadas, darei notícias. Obrigada por compartilhar tanta coisa boa conosco. Abraços, Sandra.

    ResponderExcluir
  38. OI juliana,me chamo Ricardo e estou com um minhocario a cerca de 6 meses porém estou com alguns probleminhas,coloquei esterco bovino curtido destes que vende em saquinho de supermercado,cerca de 2kg porém percebo que nenhuma minhoca estar na superficie se alimentando do esterco,algumas estão no fundo escondidas no fundo da caixa e muitas tentam fugir,lembrando que estes 2kg de esterco foram adicionados acima de uma parte que possuia restos de cozinha e úmidecidos ,noto que elas estão mais tentando escapar que se alimentar..acho que esta adição de esterco não deveria dar problemas por que vez que já vi que os grandes minhocultores adicionam somente esterco em grande quantidade e posteriormente asminhocas;Jú pelo Amor de Deus me ajuda!

    ResponderExcluir
  39. Parabens pelo artigo, está tudo bem explicado. Quanto as questões do aquecimento no minhocário, sugiro não ultrpassar a altura de 40 cm , seja caixa ou balde, pois acima desta altura começa o processo de fermentação.ok
    quanto ao esterco, sendo o bovino ou equino (que uso no minhocário) não tem problema, mas esterco de aves, não recomendo pois tem muito fósforo e o PH é alto.
    sucesso.

    ResponderExcluir
  40. Oi Juliana, meu nome é Fátima, estou no email do meu esposo, foi ele quem achou seu blog. Estou emocionada com sua postagem e esperiência; obrigada por compartilhar conosco! Eu já fiz uma horta no sertão do Cariri, Crato-Ce. Foi minha primeira esperiência,deu muito certo. Hoje estou na zona rural de Minas, Pitangui, Já dei início a horta, coloquei esterco de gado como fiz da outra vez, está produzindo bem, mas desejava fazer um minhocário e não sabia como, você deu as dicas, vou iniciar está semana, quando tiver notícias te comunico.Obrigada!

    ResponderExcluir
  41. Olá, excelente artigo, parabéns. Estou começando agora no assunto e vou narrar minha caminhada até aqui, fiz a minha composteira com 3 caixas, porém não as empilhei, as digestoras ficaram lado a lado e em cima da colhedora do chorume, ambas as digestoras furadas na tampa com tela p evitar a entrada de bichos e furadas em baixo também, você vê algum problema nisso? Coloquei cerca de 5cm de terra junto com as minhocas utilizei as de jardim mesmo pois na casa da minha avó tem muitas, na primeira vez coloquei os alimentos inteiros e sem a parte seca, claro mofou tudo, retirei tudo joguei fora, na segunda tentativa espalhei por toda caixa esterco bovino depois uma camada de alimento outra camada de esterco alguns bagacos de cana secos e um pouco de folha seca por cima, porem a quantidade de folha acho que foi pouca pois mofou novamente, dinovo retirei tudo e dessa vez estou fazendo montinhos e colocando bastante serragem por cima tapando toda a comida, será que mofou por falta de materia seca msm? Agora será que funcionará? Fiz isso ontem, eu posso dar uma revirada p ver como esta e depois cobrir com serragem dinovo? Ou eh melhor deixar rolar? Novamente parabens e obrigado!

    ResponderExcluir
  42. Olá, boa noite
    Li todos os comentários e pretendo iniciar a compostagem com uma caixa d'água de 250 litros, na minha chácara. A caixa possui duas saídas com cano curto. Uma fica bem embaixo onde pode ser colhido o chorume e a outra pode ser usada para oxigenação. Será que consigo compostagem correta?
    Um abraço
    Salete

    ResponderExcluir
  43. Olá Juliana, parabéns pelo site, aprendi muito com as dúvidas de nossos amigos...mas tenho uma dúvida, talvez possa me ajudar...comecei uma composteira pouco dias, mas logo no inicio vi que as minhocas ficam andando por cima do composto e não ficam escondidas, isso é normal??? desde já agradeço a atenção...abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu nome, eu esqueci de colocar, é Rene Mattos

      Excluir
  44. Olá, Juliana!
    Muito boa tarde.
    Por favor, gostaria de saber se lagartixa no minhocario, pode comprometer minhas minhocas.
    O que fazer?
    Também quero agradar pelo teu site e pelo teu precioso tempo a nós dispensados...rsrsrsrs
    Obrigada
    Rosana Coelho
    São Paulo/SP

    ResponderExcluir
  45. Socorro!!

    Olá, Juliana!
    Muito boa tarde.
    Por favor, gostaria de saber se lagartixa no minhocario, pode comprometer minhas minhocas.
    O que fazer?
    Também quero agradar pelo teu site e pelo teu precioso tempo a nós dispensados...rsrsrsrs
    Obrigada
    Rosana Coelho
    São Paulo/SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana,
      muita coisa já descobri sobre minhocas e minhocários, mas essa sua pergunta eu realmente não sei responder. Estou pesquisando, mas assim como você ainda não descobri isso.
      Mas tenho uma sugestão, já que vi que você é de São Paulo: a Sabor de Fazenda, viveiro orgânico na Vila Maria, vai dar um curso sobre compostagem caseira. Recebi a divulgação esses dias. O lugar é lindo, só a visita já vale a pena. E quem sabe você não descobre a resposta para essa pergunta e volta aqui para contar para nós? Entre em contato com eles no site www.sabordefazenda.com.br e pergunte pela data. Deve ser por esses dias.
      Um abraço e, por favor, volte para contar!
      Juliana.

      Excluir
  46. Olá, Juliana!

    Muito obrigada pela resposta...rsrsr
    Vou verificar a tua dica, sim.
    Aí, volto e te falo...
    Abç
    Rosana

    ResponderExcluir
  47. Olá Juliana! =D gosto muuuuito dos seus post e, claro, esse blog já está entre meus favoritos. Queria saber uma coisa: minha composteira tem fungos brancos, está quente e úmida. Não sei se tem a ver que coloquei farinha de trigo nela... enfim! Moro na Cidade do México e estou tentando cuidar bem das minhocas! Abraços!

    ResponderExcluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. Boa noite Juliana tudo certo?
    Estva lendo a respeito desse minhocario, eu montei um semelhante, usando este mesmo modelo de caixa, comprei as minhocas californianas, e tenho uma dúvida, as minhocas escalam a caixa e fogem da composteira. Estou usando pó de serra para cobrir os alimentos. Devo colocar água para aumentar a umidade? Elas fogem por estar muito seco o ambiente para elas? Fiz furos na lateral da caixa com a broca de 1 milímetro para ajudar a circular um pouco de ar. Espero que possa me ajudar.

    Atenciosamente;

    Daniel. S. Faria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dainel, se não há humidade na caixa (que você perceba na lateral e tampa) é porque você está colocando muito material seco e pouco úmido. Tem que respeitar a proporção de 1(úmido) por 2(seco). Outro fator que faz com que as minhocas fujam é o calor. O minhocário não está em lugar quente ou que pegue sol?

      Excluir
    2. Rosangela, minha caixa tem umas 3 semanas, eu reviro o composto e esta subindo um bafo quente, eu deixo o composto sempre do lado direito da caixa, e as minhocas só ficam bem no cantinho esquerdo, nao encontro minhoca no composto, apenas na cama de humos do lado esquerdo, esta muito quente? Estou respeitando a proporcao, minha caixa esta em um local fresco e arejado, não bate sol.

      Excluir
  50. Parabéns pelo post! Este foi, de longe, o melhor texto que encontrei sobre compostagem. Completo e estimulante, ótimo mesmo!

    ResponderExcluir
  51. Iniciei nossa composteira semana passada e todas as manhãs pegamos uma média de 5 minhocas no chão. Há também, do lado de dentro da tampa, muitas larvas brancas. Isso é normal???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São minhocas recém nascidas! São tão fofinhas!

      Excluir
    2. Unknown, não é normal as larvas brancas. É sinal que o ambiente está muito úmido. Seque a tampa com um pano e tente tirar as larvas com papel. E principalmente, coloque material seco. Isso não vai resolver o problema na primeira vez. Até resolver não coloque material úmido e seque a tampa e retire as larvas pelo menos duas vezes ao dia.

      Excluir
  52. Olá juluana

    Dei início a minha composteira a aproximadamente 1 mês e todos os dias às tampa está bem úmida com vários bichinhos brancos e algumas larvinhas marrom isso é normal???

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juluana
      A dúvida do Unknown é a mesma sua, veja a resposta, também serve para você.

      Excluir
    2. Oi, Rosangela, como vai? Sou Juliana, a autora do blog e para quem o Anônimo acima e o Unknown, mais acima ainda, fizeram a pergunta. Acho que o Juluana foi erro de digitação e é o olá dele, não a assinatura de quem perguntou.
      Agradeço muito sua visita e a ajuda para responder dúvidas dos leitores. Não tenho tido tempo de responder os comentários, e ajuda de quem tem experiência é sempre muito bem vinda.
      Volte sempre!
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
    3. Oi Juliana
      Adorei seu blog. Mais que qualquer outro que já tenha visitado sobre a compostagem com minhocas. Também vim aqui procurar esclarecimentos e fiquei muito feliz em perceber que tantas pessoas se interessam por alternativas ecológicas e sustentáveis. Desculpe se me adiantei em responder, não quis ser intrometida, mas eu também passei por problemas parecidos aos dos seus leitores e sei como a gente fica angustiado em resolver logo.
      Talvez minha resposta nem tenha sido a ideal, pois respondi pela minha experiência. Gostaria muito de saber sua opinião sobre as larvas brancas, se há forma mais eficaz de resolver o problema e se elas prejudicam as minhocas se não forem eliminadas logo.
      Entendi agora a minha confusão com a Juluana, rsss. E entendo perfeitamente a falta de tempo em você responder, sei como é. Mas o mais importante você já fez, informar as pessoas sobre a compostagem de minhocas, que é uma prática muito importante nos dias atuais e futuros. Além disso, o espaço que você abriu para a troca de experiências e informações também é vital para que as pessoas se interessem e principalmente não desistam da compostagem nos primeiros problemas que surgirem.
      Parabéns pelo iniciativa! Virei sempre te visitar.
      Um grande abraço

      Excluir
  53. Ola! meu avó começou a criar minhocas só que elas ficam finas, isso acontece devido a alimentação?

    ResponderExcluir
  54. Ola! meu avó começou a criar minhocas só que elas ficam finas, isso acontece devido a alimentação?

    ResponderExcluir
  55. Ei, gostei muito do seu blog e estou amando a compostagem e minha fillhota d 3anos tambêm.Uso a poda da grama como matéria seca,e algumas folhas q encontro tambêm mas a maior part ê d grama, mas só agora me lembrei q nossa cadela faz xixi na grama e coco na grama o coco tiro todos os dias pela manhä mas o xixi vai p terra nê, será q tem problema? Vi formiga bem miudinha na cx, jogo borra d cafê , mas mesmo assim elas estäo lá d vz enquanto,e hoj a tard a diversão da minha filha foi pegar minhoca do chäo...me ajude!!!

    ResponderExcluir
  56. Fiz uma adaptação que deu certo. Coloquei sobre a caixa de cima uma tela fina para impedir a fuga de minhocas e permitir ventilação. Na tampa fixei pedaços de rolha, nas bordas, para deixar uma fresta de 0,5cm entre a caixa e a tampa. Assim, facilitei a aeração e dificultei a fuga de minhocas e entrada de insetos. Edgar Prado.

    ResponderExcluir
  57. Juliaaaaanaaaaaa, vooooolltaaaaa

    ResponderExcluir
  58. Tenho um pequeno minhocário ja o uso ha alguns meses, mas nao sei se foi a mudança de clima a minha compostagem encheu de larvas. Eu perdi tudo?Da pra recuperar?
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mosca entrouna sua composteira. Remova urgente, e fica de olho pra não voltar.

      Excluir
  59. Oi Juliana, muito bom seu post, gostaria de saber se posso usar minhoca do meu jardim , tem muitas , Obrigado Cassia

    ResponderExcluir
  60. Maria Helena Lioz mello12 de maio de 2015 23:26

    Boa noite, Juliana eu tenho um quintal bem grande de terra, e tem minhocas, posso usar elas para fazer meu minhocario? ou tem que ser aquelas californianas.
    Aguardo retorno....Obrigada.

    ResponderExcluir
  61. Ola Juliana....beleza??
    Comecei a minha compostagem já tem uns 15 dias, e reparei q esta aparecendo um mofo branco.
    É normal?
    Aguardo seu retorno....obrigado.
    Att: Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É normal, os fungos também são agentes decompositores.

      Excluir
  62. Boa Noite! Fiz minha caixa já faz mais de um ou dos meses, aumentei o número de minhocas, mas parecem que elas não querem saber de comer, só alimento a caixa e nada. Estou usando folhas secas junto com o alimento, além da terra já existente. Chorume, esquece, não apareceu nada. São que é difícil falar, mas o que será que estou errando? Boa noite e belo site

    ResponderExcluir
  63. Esqueci de colocar meu nome no comentário anterior.
    Abraços Fernando

    ResponderExcluir
  64. Olá Juliana,
    A minha caixa de minhocário já tem quase 2 meses e nada da produção de chorume. Desesperei e borrifei água, devido ao tempo seco. O que vc acha que pode ter acontecido, é normal esta situação ? Abraços e obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se preciso regue ou borrife com água para regular a umidade da cama. Não há problema algum !

      Excluir
  65. oi adorei as dica, mas eu tenho uma duvida, toda vez que eu vejo falar de compostagem só vejo falar de minhocas californianas, mas eu tenho muita dificuldade de encontrar. já fui em muitos lugares e em nenhum vende. minha colega mora em um terreno e tem muitas minhocas, mas não são californianas (acho que não) a compostagem pode ser feita com outros tipos de minhocas ou só com a minhoca californiana. e vc tem alguma dica de onde comprar as minhocas californianas moro no rio de janeiro, até vi na internet, mas não tem garantia se chegar morta e eu tenho medo de comprar e elas morrerem no transporte.
    desde já muito obrigada ela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Priscila! Eu tenho muitas minhocas californianas na minha composteira e moro no Rio. Se quiser posso te doar algumas, é só me falar.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  66. oi moro em cuiba mt comprei um kit de caixas de compostagem com 4cx e minhocas ,chegaran vivas mas no dia seguinte estavao todas mortas coloquei terra e resto de folhas e legumes e folhas secas na cx 1 na 2 um pouco de terra preta isso as 11hs a noite elas sairam pela torneira e caira algumas no chao morreram c
    entao retirei uma cx deixando so 3 ,mas no dia seguinte elas desseran para cx da torneira e estavam todas mortas eu acho que foi o calor aqui faz ate 42graus nao estavao no sol gostaria de saber se na minha cidade posso cria-las mesmo no clima quente. obrigada

    ResponderExcluir
  67. Boa tarde, hoje faz uma semana que montei meu minhocario. Dúvidas: tenho notado que todas as paredes da caixa estão húmidas, será normal? Tem bastante material seco.
    Outra coisa surgiu umas larvas de mosquitos como protejo a caixa destes mosquitinhos?
    Desde já obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu vi em alguns sites o uso de uma capa pra composteira no site Morada da Floresta, está com a seguinte descrição
      "Capa para cobrir a Composteira Doméstica (Minhocário). Utilizada para aumentar a aeração, refrescar nos dias quentes e impedir a entrada de insetos voadores. A Capa também pode ser usada na Caixa Coletora para evitar o acesso ou queda das minhocas no Composto Líquido."

      Excluir
  68. Em primeiro lugar parabéns pelo blog. Gostaria de saber se é normal aparecer um mofo branco que parece um algodão ? se alguem puder responder agradeço.

    ResponderExcluir
  69. Em primeiro lugar parabéns pelo blog. Gostaria de saber se é normal aparecer um mofo branco que parece um algodão ? se alguem puder responder agradeço.

    ResponderExcluir
  70. pessoal adorei o blog, porém estou com uma duvida, está aparecedo um moffo branco q parece algodão , alguem sabe me dizer o pq e se é normal, se deve ser retirado. desde ja agreço

    ResponderExcluir
  71. Escontrei uma largatixa dentro da minha composteira, na caixa 2, pergunto a yodos se alguém já percebeuisdo em duas vomposteiras e se largatixa vomo minhocas?

    Obrigado
    Laercio

    ResponderExcluir
  72. GOSTARIA DE SABER SE POSSO MISTURAR VARIOS TIPOS DE MINHOCA NA COMPOSTEIRA

    ResponderExcluir
  73. Monteira um minhocário sem minhoca (rsrsrsrs). Moro no ES e se alguém puder me vender algumas posso depositar. O único lugar que encontrei vende no mínimo 50 e é muito para tão pouco lixo que produzo. E comprar em RJ, SP o valor do frete é muito caro.

    ResponderExcluir
  74. Ola, preciso de ajuda pra diminuir a quantidade de drosophilas. O material esta na proporcao certa , ja coloqei cinza, depois tentei borra de cafe ..... O que faço? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou a procura dessa solução. Pensei em borrifar óleo se nim mas aumentaria muito a umidade do composto....

      Excluir
  75. Pereira 24 agosto 2016 20:32
    Parabéns pelo blog. Límpido, fácil de entender, maravilha.

    ResponderExcluir
  76. Oi, pq estão mofando as cascas? Quando abro as minhocas estao no alto da parede, como se quiser fugir... tô desesperada... fiz tudo como falou... será calor ou excesso de umidade,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre Minhocas quererem fugir: ou excesso de umidade ou de calor. Você pode tirar a tampa do minhocário e colocar uma tela, como uma capa de forma que esteja presa nas bordas pras Minhocas não fugirem e pra não entrar mosca (já aconteceu em casa e não vi, depois saíram algumas larvas grande preta de moscas). Assim você areja mais o sistema pra tentar um equilíbrio. Pode colocar mais folhas secas também.
      Sobre mofo nas cascas e restos vegetais a serem utilizados, aqui em casa eu pico tudo pra facilitar a decomposição, coloco borra de café junto e também pico o filtro de café, as folhas secas que coloco (não tenho serragem) também esmago com a mão pra facilitar na decomposição. O ideal é você cobrir de forma que não enxergue nenhuma casca.
      Os restos orgânicos irão fazer uma decomposição natural enquanto as minhocas digerem, logo pode parece "mofo" nas cascas, embora acredito que quanto o sistema esteja equilibrado (entre os restos orgânicos e serragem/folha seca) vc nem percebe.

      Excluir
    2. Sobre Minhocas quererem fugir: ou excesso de umidade ou de calor. Você pode tirar a tampa do minhocário e colocar uma tela, como uma capa de forma que esteja presa nas bordas pras Minhocas não fugirem e pra não entrar mosca (já aconteceu em casa e não vi, depois saíram algumas larvas grande preta de moscas). Assim você areja mais o sistema pra tentar um equilíbrio. Pode colocar mais folhas secas também.
      Sobre mofo nas cascas e restos vegetais a serem utilizados, aqui em casa eu pico tudo pra facilitar a decomposição, coloco borra de café junto e também pico o filtro de café, as folhas secas que coloco (não tenho serragem) também esmago com a mão pra facilitar na decomposição. O ideal é você cobrir de forma que não enxergue nenhuma casca.
      Os restos orgânicos irão fazer uma decomposição natural enquanto as minhocas digerem, logo pode parece "mofo" nas cascas, embora acredito que quanto o sistema esteja equilibrado (entre os restos orgânicos e serragem/folha seca) vc nem percebe.

      Excluir
  77. Prezados, Comecei a vermicompostagem (minhocário) a 1 mês usando a serragem que veio no Kit. Agora que usei serragem que peguei na madeireira começou a dar mofo (fungo tipo algodão) em cima da serragem. É normal? O que devo fazer?

    ResponderExcluir
  78. Prezados, Comecei a vermicompostagem (minhocário) a 1 mês usando a serragem que veio no Kit. Agora que usei serragem que peguei na madeireira começou a dar mofo (fungo tipo algodão) em cima da serragem. É normal? O que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aconteceu algumas vezes aqui em casa, mas nao vi nada demais...

      Excluir
  79. Olá, vejo alguns biofertilizantes bem escuros e alguns claros. Saberia me explicar por que ocorre essa diferenciação?

    ResponderExcluir
  80. Na minha caixa de minhoca começou a aparecer baratas. O que posso fazer para me livrar delas?

    ResponderExcluir
  81. Amei informações excelentes. Parabéns Juliana pelo seu blog

    ResponderExcluir
  82. Gostaria de saber onde compro essas caixas e minhocas, aqui em Serra ES ou aqui perto, na Capital Vitória, para começar minha compostagem.

    ResponderExcluir
  83. boa tarde eu gostaria de saber,quando devo comecar a colocar o resto de alimentos na caixa de cima,assim a caixa dop meio ja esta com alimentos e as minhocas trabalhando,ja posso ir coloncadno na caixa de cima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a caixa já estiver totalmente cheia vc muda pra próxima caixa.

      Excluir
  84. Bom dia...
    Comecei meu minhocario essa semana e observo que de manha a tampa fica muito umida e ta dando mofo...o que faço....Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a tampa está com os furinhos??
      é normal ter umidade na tampa, afinal no processo a água irá evaporar e encontrando a tampa vai acabar condensando, vc pode tirar e escorrer no tanque esse excesso de umidade.

      Excluir
  85. Oi Juliana! muito legal seu post. Achei mais coerente começar usando a caixa do meio, e não a de cima, como vi em todos os outros videos no youtube ou blogs. A do meio já vai produzindo "chorume" direto para a caixa da torneirinha (detesto esse nome, me faz pensar em lixo, o que não é o caso!), e ainda fica mais fresquinha pois tem a caixa de cima vazia.
    Uma dúvida: posso usar fibra de coco, destas compradas em casa de jardinagem mesmo, como material seco? nem sempre tenho folhas secas à mão, mas fibra de coco, sim.
    Obrigada! Simone

    ResponderExcluir
  86. Adquiri uma composteira há 9 meses atras. Moro em MAringá-PR, e o tempo está muito quente, todos os dias em torno de 35°. Faz dois dias que percebi que as minhocas estão bem acima dos alimentos, nos cantos, como se quisessem sair da caixa. Continuo colocando os mesmos tipos de alimentos, cascas de frutas, legumes, pó de café, casca de ovo e sobre tudo isto jogo serragem (comprada em madereira). Coloquei também restos de melancia e alguns foram com semente e elas estão florescendo, retiro os pezinhos e deixo na caixa.
    Isto está acontecendo nas duas caixas e percebi um pouco de bolor, como se fosse uma camada de algodão na caixa de cima.
    A impressão que tive é que elas estão querendo sair para respirar.

    Gostaria de saber o que devo fazer.

    Aguardo informações o mais breve possível.


    Obrigada

    Vilma - vilmaerculano@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vilma, te mandei e-mail.
      Aparentemente é excesso de umidade. Revire algumas vezes por semana o composto com aqueles fartos de jardinagem, isso vai ajudar a arejar e equilibrar a umidade.

      Excluir
  87. Olá!!!
    Fiz meus minhocários em caixas sem furos e o único material seco que uso é terra, no entanto de vez em quando pego minhas minhocas em fulga rsrs e já sei que um dos motivos é a umidade. Quando isso acontece coloco papel toalha picado e devolvo a terra. Gostaria de saber se posso transferir o conteúdo dessas caixas para outras com furos ou se é necessário dispensar esse material e começar tudo novamente... Desde de já agradeço pela sua atenção.

    Angelica
    angelica.c.aquino2015@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angélica, te mandei e-mail.
      Mande mais informações sobre há quanto tempo vc tem sua composteira dessa forma com minhocas, e se está produzindo cheiro ruim...
      Abraço
      Carol

      Excluir
    2. Oi Carol!!!
      Esta composteira tem +- dois meses e não tem nenhum cheiro, o único problema msm é a fulga das minhocas msm tendo uma tela antes da tampa. Qdo fiz essa composteira não furei a caixa, mas forrei com papelão, terra, matéria úmida e mais terra e húmus e coloquei as minhocas e fui fazendo desse jeito até enche-la. A uns dez dias atrás encontrei várias minhocas no chão e percebi q a terra estava bem úmida, foi qdo revolvi a terra e coloquei papel toalha picado. Na primeira caixa elas sossegadas e na segunda q ainda não está cheia as minhocas tbm estão se revelando e tentando fugir, tbm tenho colocado o papel toalha nesta caixa...
      Abraços e obrigada pela sua atenção!

      Excluir
  88. Bom, pelo relato, olá questão realmente é excesso de umidade.
    Elas fogem quando tem muita umidade, se você não corrigir isso, vão morrer. E eu passei por isso, não sabia que era isso, perdi todas as minhocas.
    O que índico pra vc: vc tem que ter furos finos nas laterais, de 1mm (maior que isso elas passam pelo furo!), Faca furos também de 1mm na tampa.
    Você tem que ter uma caixa coletora de chorume, na parte debaixo. Essa não tem furos. A caixa que vc vai ter as minhocas tem que ter furos de 5mm para o chorume escorrer pra caixa coletora, e também para passar de uma caixa de minhocas/compostagem para outra (vc usa no mínimo duas caixas pra compostagem mais uma caixa para chorume).
    Esse lance de furos foi um passo.
    Outro passo é vc colocar mais coisas secas na composteira, como folhas secas, pedaços picados de papelão...
    E por último, revirar a composteira com o garfo de jardinagem uma vez por semana, pra arejar a mistura e ajudar a diminuir a umidade.
    Eu te mandei e-mail na primeira resposta, vc pode me responder por la

    ResponderExcluir
  89. Oi! Tenho uma criação de minhocas vermelhas Califórnianas, acontece que fiz minha compostagem direto no chão ( retângulo cercado nas laterais), contato direto com o chão. Fui descobrir com um amigo que minhocas puladeiras estão infestando o espaço.A minha dúvida: elas são boas para compostagem, observei que o processo é bem mais lento ! Comparadas com as Califórnianas. Preciso de uma orientação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas minhocas são pulseiras mesmo ou são sanguessugas ??
      Verifique...
      Eu não tenho experiência em compostagem que não seja em caixa pra ajudar, mas verifique se essas outras minhocas não são sanguessugas pois podem eliminar as suas minhocas...
      http://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural/videos/t/edicoes/v/proteja-sua-criacao-de-minhocas-contra-o-ataque-das-sanguessugas/5086554/

      Excluir

Muito obrigada por comentar.
E se você não tem um blog nem um endereço no gmail, para enviar seu comentário basta clicar na opção "anônimo", logo abaixo da caixa de texto. Mas, por favor, assine seu nome.