segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Orquídeas nas árvores

O que fazer com aquela orquídea que você ganhou e nunca mais floresceu sob os seus cuidados?
A cidade de São Paulo vem sendo delicadamente embelezada com um hábito super saudável que cresce entre seus moradores. Por bastante tempo o paulistano jogou nos lixos e caçambas da cidade orquídeas sem flores depois de perder a paciência esperando que elas florescessem outra vez. Conta a lenda que um grupo de porteiros do bairro dos Jardins começou a recolher essas orquídeas e amarrá-las nas árvores das ruas. Pouco tempo depois elas começaram a florescer, já que o habitat natural dessa planta é mesmo o tronco das árvores – grande parte das orquídeas é epífita: vive sobre outro vegetal usando-o apenas como suporte, sem tirar dele seu alimento. Uma parte das raízes se prende aos troncos e algumas vivem aéreas (por isso os vasos para orquídeas têm buracos). Sob a sombra das copas elas se alimentam da umidade do ar e de restos de insetos e folhas que caem e se decompõem sobre as raízes. Assim vivem do jeito que mais gostam e por isso logo florescem.
Foi o que viram os moradores de um simpático edifício na Vila Mariana, em São Paulo. No mês de novembro, caminhando pela rua, me deparei com uma Phalaenopsis incrível, toda florida, e conversando com o porteiro descobri que ela tinha sido colocada na árvore do jardim, sem nenhum sinal de flores, há pouco mais de dois meses. Olhando com mais atenção vi outras cinco orquídeas presas nas árvores do prédio, algumas no final da floração, outras começando botões.
Se você tem orquídeas em casa e não tem conseguido fazem com que elas floresçam, que tal subir numa escada e prendê-la na árvore da sua rua ou prédio? É a maneira mais garantida de ganhar flores uma vez por ano.

Obs: Escolha um lugar mais próximo à copa, de preferência uma forquilha, onde se acumulam restos de folhas e umidade, e para amarrar a orquídea ao tronco use barbante grosso de algodão, fitilho de plástico ou arame encapado, tipo fio de telefone. Cuidado para não apertar muito. Em pouco tempo as raízes da planta se prendem por si próprias e você pode tirar a amarração.

16 comentários:

  1. Juliana:
    No cemitério Getsemani, aonde fui acompanhar uma cerimônia triste, evidentemente, deparei com uma paisagem de estonteante beleza: num dos túmulos, havia muitas dessas orquídeas brancas plantadas e, nas árvores ao redor do mesmo, dezenas de outras, todas floridas...

    Já tenho este hábito de colocar orquídeas nos troncos, mas queria saber se não é possível fazer um jardim delas. Plantei várias no solo (daquelas com folhas compridas), mas até agora não saiu flor alguma, apesar de as orquídeas estarem bem verdinhas.

    Como vê, eu serei assídua...
    Bjo.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Maria Teresa!
    Bem, não sou super especialista em orquídeas mas posso dizer algumas coisas:
    - algumas orquídeas de folhinhas fininhas são mesmo de chão, não epífitas. Ia sugerir que você conferisse com alguém se essas que você plantou são mesmo desse tipo, mas se as folhinhas estão verdinhas e elas parecem estar "felizes", devem estar no lugar certo.
    - se não estão plantadas há mais de um ano talvez ainda não chegaram na época certa de florescer. Algumas só dão flores mesmo uma vez por ano e na época certa, então talvez seja o caso de esperar mais um pouco.
    - se já estão plantadas há mais de ano e meio, experimente adubar um pouco, com esterco de gado bem curtido ou adubo NPK 4-14-8 granulado ou líquido, que é o adubo com proporções adequadas de nitrogênio, fósforo e potássio para florescer e dar frutos. Siga as instruções da embalagem.
    E acho que isso é tudo que posso te dizer. Se lembrar de mais algum detalhe, te falo.
    Um beijo e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, Juliana: muito obrigada!
    Anotei o nome do adubo, mas acho que devo mesmo ter paciência, pois minhas orquídeas estão lá há pouco mais de dois meses...
    Quando aparecerem as flores, te conto!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  4. Legal, conta sim... vou esperar!
    Um beijo.
    PS: o 4-14-8 é uma especificação, não um nome ou marca. Existem vários fabricantes, acho que todos confiáveis, mas, se puder, prefira sempre os adubos orgânicos, naturais, como o esterco de vaca. É fácil de comprar em lojas de jardinagem e é muito mais nutritivo para a planta, bem mais completo, além de não ser industrializado e não agredir a microfauna do seu jardim, como as joaninhas e todos os outros insetos.

    ResponderExcluir
  5. Eu e meus vizinhos também fazemos isso. Não sei quem começou, mas hoje em dia todas as árvores do jardim do prédio carregam suas orquídeas. Taí um "procedimento" que todos os condomínios podiam adotar, não?
    beijos

    ResponderExcluir
  6. como faço para extrair uma orquídea do tronco de uma árvore

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,
      as raízes da orquídea grudam no suporte, e tirá-las de lá costuma causar danos à planta.
      Se mesmo assim você quiser tentar, dê uma umedecida nas raízes aderidas e, depois de esperar alguns minutos para que elas amoleçam, vá tentando soltá-las com cuidado.
      Boa sorte!
      Juliana.

      Excluir
  7. gostaria de saber como posso enviar fotos de uma planta pra saber se é orquidea e qual o nome?

    ResponderExcluir
  8. como faço pra enviar fotos de umas plantas pra saber o nome

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra,
      você pode enviar para juliana@deverdecasa.com, mas não sou muito conhecedora de orquídeas, não tenho certeza se vou poder te ajudar.
      Que tal tentar com a Carol Costa, do site Minhas Plantas? Ela é fera!
      www.minhasplantas.com.br
      Boa sorte!
      Juliana.

      Excluir
  9. Eu tive uma esperiencia otima com orquídeas...encontrei duas no lixo
    e as colhí e as acomodei cada uma em um tronco de arvore velho e deu certo estão limdas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rogério, tudo o que as orquídeas querem é um tronco de árvore para viverem feliz, não é? Uma sombrinha, o material em decomposição que as raízes encontram por ali, mais alguma umidade, e tudo está resolvido.
      Obrigada por comentar.
      Um abraço,
      Juliana.

      Excluir
  10. Oi Juliana td bem?
    Tenho uma orquidea em uma arvore aqui em casa mais ta meio feinha, gostaria de saber como adubar?
    Já que na arvore ela não tem substrato.
    Obrigada beijos!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Quero plantar orquídeas numa árvores aqui em casa, não sei qual espécie.
    Ela dá um líquido branco que ao secar parece cera. Vi em algum post que não posso plantar em árvore que solta casca. Posso plantar no seu tronco que de alguma forma a planta sobreviverá ou não posso de modo algum? Posso plantar já com flores, quero enfeitar esta árvores e espero que ano quem vem, nesta mesma época tenha flores?

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho várias espécies de orquídeas aqui onde moro tem muitas arvores e nelas cultivo minha coleção de orquídeas algumas compradas e outras q eu mesma vou a busca na mata pois na região onde moro a mata é rica em especies de orquídeas bjs.

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho orquídeas presas a uma madeira e as raizes estão para fora lo colar que foram amarradas, gostaria de mandar uma foto para você poder me ajudar com o que fazer certo com elas para não perder. Como faço?

    ResponderExcluir

Muito obrigada por comentar.
E se você não tem um blog nem um endereço no gmail, para enviar seu comentário basta clicar na opção "anônimo", logo abaixo da caixa de texto. Mas, por favor, assine seu nome.