domingo, 6 de dezembro de 2009

Saquinho de jornal

Dia desses, quando recusei a sacolinha plástica numa loja, ouvi da moça do caixa: mas como você faz com o seu lixo? Não foi a primeira vez que me perguntaram isso. A grande justificativa das pessoas que dizem que "precisam" das sacolinhas é a embalagem do lixo. Tudo bem, não dá mesmo pra não colocar lixo em saco plástico, mas será que não dá pra diminuir a quantidade de plástico no lixo? Melhor do que encher diversos saquinhos plásticos ao longo de uma semana é usar um único saco plástico dentro de uma lixeira grande na área de serviço, por exemplo, e ir enchendo-o por alguns dias com os pequenos lixinhos da casa (da pia, do banheiro, do escritório). Se o lixo é limpo, como de escritório (papel de fax, pedaços de durex, etc), pode ir direto para a lixeira sem proteção. No caso dos lixinhos da pia e do banheiro (absorventes, fio dental, cotonetes), o melhor substituto da sacolinha é o saquinho de jornal. Ele mantém a lixeira limpa, facilita na hora de retirar o lixo e é facílimo de fazer. Leva 20 segundos. A ideia veio do origami, que ensina essa dobradura como um copo. Em tamanho aumentado, feito de folhas de jornal, o copo cabe perfeitamente na maioria dos lixinhos de pia e banheiro que existem por aí. Veja:

Você pode usar uma, duas ou até três folhas de jornal juntas, para que o saquinho fique mais resistente. Tudo no origami começa com um quadrado, então faça uma dobra para marcar, no sentido vertical, a metade da página da direita e dobre a beirada dessa página para dentro até a marca. Você terá dobrado uma aba equivalente a um quarto da página da direita, e assim terá um quadrado. Para ver melhor os detalhes, clique na foto para aumentar.

Dobre a ponta inferior direita sobre a ponta superior esquerda, formando um triângulo, e mantenha sua base para baixo.

Dobre a ponta inferior direita do triângulo até a lateral esquerda.

Vire a dobradura "de barriga para baixo", escondendo a aba que você acabou de dobrar.

Novamente dobre a ponta da direita até a lateral esquerda, e você terá a seguinte figura:

Para fazer a boca do saquinho, pegue uma parte da ponta de cima do jornal e enfie para dentro da aba que você dobrou por último, fazendo-a desaparecer lá dentro.

Sobrará a ponta de cima que deve ser enfiada dentro da aba do outro lado, então vire a dobradura para o outro lado e repita a operação.

Se tudo deu certo, essa é a cara final da dobradura:

Abrindo a parte de cima, eis o saquinho!

É só encaixar dentro do seu cestinho e parar pra sempre de jogar mais plástico no lixo!

Que tal?

Pode parecer complicado vendo as fotos e lendo as instruções, mas faça uma vez seguindo o passo a passo e você vai ver que depois de fazer um ou dois você pega o jeito e a coisa fica muito muito simples. Daí é só deixar vários preparados depois de ler o jornal de domingo!

73 comentários:

  1. MUITO BOM!
    aqui ja tem supermercados que nao entregam sacolinhas de plastico e vendem sacolinhas feitas de batata e sao biodegradaveis.
    gostei da ideia do jornal.
    o pequeno problema é que para o bem das arvores, cada vez compro menos jornais HA HA.

    saludos

    9,5

    ResponderExcluir
  2. Que barato isso em, vou começar a usar... Adorei Juliana, acho muito legal essa iniciativa, precisamos unir forças para mudar ao menos pequenos hábitos, pois vejo at´w onde moro que é dificil mudar oa grandes, digo isso pelo povo que mora em meu condominio, eita povo quaisquais...heehehe...Mas um dia a coisa muda, pos até quando teremos esse conformismo morando neste povo né...
    Bjs e parabénssss adorei tudo aqui...
    Inté...
    Edu (Guarda)

    ResponderExcluir
  3. Coisas que só podiam ter saído da cabaça da Ju, que morava com a Tia Silvia, na casa onde só lá tinham os famosos "objetos que só tinham na casa da Ju".
    Fico tão orgulhosa e meio pequena vendo o tanto que vc é GENTE e não tem preguiça de assumir a responsabilidade de ser GENTE. Achei máximo o cultivo e vou insentivá-lo aqui em casa. Bjos

    ResponderExcluir
  4. É verdade, até eu achava, não muito tempo atrás, que um jeito bom de aproveitar as sacolinhas de plástico do mercado era reutilizá-las para forrar o lixo. Até me dar conta - a gente demora para perceber certas coisas, não? - de que estava mandando plástico junto com o lixo orgânico, oras! E realmente não é tão difícil mudar o método quando você se dispõe a isso. As lixeiras maiores, a embalagem de jornal. Eu me lembro de quando "inventaram" saco de lixo. Antes disso, a gente colocava a lixeira (forrada ou não com jornal) na calçada; o lixeiro vinha e despejava o lixo no caminhão. Às vezes esparramava tudo; cachorros e gatos reviravam a lata, a tampa se soltava, o começo de chorume sujava a calçada... Aí vieram os higiênicos sacos de lixo. Ninguém podia imaginar que seriam um problema. Como era limitada nossa noção de impacto e interdependência...
    Eu cansei de forrar lixo com jornal, especialmente na casa da praia, quando as tarefas domésticas eram mais compartilhadas por todos (não tinha empregada nem faxineira). Por que não recomeçar?
    Também já não leio mais jornal, mas tem de sobra por aí. Meus vizinhos colocam na escada, eu trago um pouco do trabalho também. Espero que a tinta não seja tóxica.

    ResponderExcluir
  5. Muito bacana a dica de cobrir a lixeira com jornal. Tentarei!

    ResponderExcluir
  6. Moro numa casa e tenho uma "maquininha" pra triturar e fazer adubo orgânico, para minha horta. Como verduras vivas. Só compro com sacolas como as da minha mãe. Os vendedores se sentem como se me roubassem se não levo sacos plásticos. Odeio eco chato, mas dou uma rápida explicada no por que nao aceita trazer saco poluidor pra junto do meu corpo. Todos concordam e contam ter visto cenários tétricos de plantações cheias de sacos de plásticos, onde estavam guardados os produtos orgânicos que juntamos no nosso lixo doméstico.

    ResponderExcluir
  7. As sacolinhas se proliferam em casa, por mais que eu recuse na padaria, na farmácia, peça caixas de papelão aos repositores no supermercado, sempre aparece algum saquinho lá. É uma praga... Hehe... Adorei a alternativa do jornal na lixeirinha, vou testar. A propósito, parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  8. Os nossos bisnetos ou tataranetos terão grandes de chances de ainda encontrar intacto o plástico que vc descartou. Que herança, hein! Temos sim que mudar hábitos e atitudes. O novo paradigma se concretizará na ação e não no discurso. Adorei as dicas! Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  9. Puxa, que idéia legal! Vou adotar hoje mesmo, parabéns e obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Legal seu post e blog e há mais o que dizer. Veja por favor o papel polui muito mais além de gastar mais energia do que o plástico. Os plásticos foram eleitos pela grande mídia como os grandes vilões do meio ambiente. Quer ver? Imagine o que seria das pessoas que precisam de catéteres e milhares de outros itens médicos que só são possíveis porque são feitos de plásticos.
    Nós, consumidores, precisamos ficar cada vez mais atentos. O acondicionamento do lixo é uma questão de saúde pública e requer materiais que atendam a este requisito. Quem atira sacolas ao acaso precisa "ficar ligado": educação é a palavra!
    Saudações,
    Angela Angélica

    ResponderExcluir
  11. Angélica,
    o plástico tem pontos positivos inquestionáveis, concordo com você, mas sacolinhas plásticas no lixo tem pontos negativos igualmente inquestionáveis. E reaproveitar jornal velho para substituí-las traz a vantagem da decomposição muito mais rápida, coisa de 400 vezes - 1 ano contra 400.
    Não é bom?
    Muito obrigada pela visita e volte sempre!

    ResponderExcluir
  12. Juliana, antes de tudo parabéns pelo blog e pela atitude. Tem tanta coisa linda por aqui!
    Sabe, na minha lista das maiores resoluções deste ano está colocar em prática o tanto (algum) de consciência ambiental que eu possuo. E uma das primeiras atitudes que eu tomei foi abolir o uso de sacolinhas... Embora ainda não tivesse achado outro modo de forrar as minhas lixeiras.
    Cheguei aqui pelo twitter da Soninha e adorei a idéia dos saquinhos de jornal! Não compro mais, mas nos lixos dos vizinhos sempre têm.
    A questão que me fica é: e na hora de descartar?
    Moro em vila e tenho que subir com o lixo para deixar na rua, o único jeito que achei até agora foi usar grandes sacos de lixo.
    Alias, e eles? Muito se fala das sacolinhas mas nada dos 'sacolões'. Sei que tem o porém de serem de plástico e, por isso, não biodegradáveis (a variedade comum), mas o quanto ruim eles são?
    Bom, escrevendo acabei de ter uma idéia, posso pegar caixas de papelão na rua e levar o lixo nelas... Talvez possa ser uma idéia, no entanto terei que garimpar tbm as caixas.
    Tem alguma outra? Como você faz?

    Abraço,
    Carol

    ResponderExcluir
  13. Fantástico...vou fazer

    ResponderExcluir
  14. Gente, que beleza de dica! Vou aderir agora mesmmo! ;) E claro, passarei a dica para frente!

    ResponderExcluir
  15. Eu adorei a idéia, minha vizinha recebe jornal todos os dias e eu comecei a pedir para ela os antigos; todo mes pego muitossss jornais assim faço com tres folhas cada saquinho para ficar bem firme.
    Aprendi com voce o jeito realmente certo de fazer, obrigado.
    Minha vizinha e bem consciente também, sendo assim vou oferecer todo mes vários saquinhos prontos para ela, nada mais justo né!!
    Valeu!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Realmente muito interessante, porém para lixo de cozinha, geralmente úmido acabaria por umidecer e rasgar o jornal, o que seria bem nojentinho... será que haveria uma uma forma de impermeabilizar o interior desses saquinhos? Por enquanto os utilizarei na lixeira do banheiro

    ResponderExcluir
  17. Caroline,
    obrigada pelo seu comentário e que bom saber que você está empenhada em mudar seus hábitos! Quanto ao que você disse dos sacões de lixo, acho que um jeito de melhorar um pouco é começar a comprar a versão biodegradável que já começa a aparecer nos supermercados por aí. Em SP tenho visto já algumas marcas. E quanto maior a sua lixeira, melhor, porque menos sacões você usa. É assim que eu faço aqui.
    Obrigada pela visita e volte sempre!

    ResponderExcluir
  18. Petroni,
    obrigada pelo seu comentário! Não tenho tido problema de saquinhos de jornal rasgando na lixeirinha da cozinha. Faço os meus com duas folhas e tento não jogar coisas molhadas demais dentro deles. Tem funcionado. Acho que impermeabilizar talvez seja começar a complicar demais a coisa, não? Pelo menos até agora não consegui ter uma idéia simples de como fazer isso!
    Obrigada pela visita e volte sempre!

    ResponderExcluir
  19. Parabéns.Excelente idéia. A partir de hoje farei em casa e passareia idéia adiante.

    ResponderExcluir
  20. Mônica -Galpão Arte Mosaico3 de março de 2010 11:37

    Amei a idéia ,sou uma adepta completa de recicláveis.Vou adotar mais essa .

    ResponderExcluir
  21. Acheia ideia genial... Tenho aversão por sacolas plásticas.. sempre que vou ao supermercado levo a minha sacola que comprei com essa finalidade... Tudo como antigamente... Vc. levava a sua para a feira...Até para pesar os legumes eu não as uso...mas, em alguns casos, não tem jeito... O que tenho observado é que nas padarias o saco de papel voltou... será que não seria mais viável as pessoas levarem seus saquinhos (podem ser confeccionados em tecidos) para comprar pão? Tá aí uma boa opção e... até para quem faz artesanato ganhar algum "dimdim"
    Que tal?

    ResponderExcluir
  22. Eu nunca vi a versao biodegradable no Rio... Alguem ja viu por ai? Sera que tem no Cobal ou aquela Zen em Humaita? Minha amiga melhor trabalha para o governo em San Francisco, California. Sabia que a cidade inteira esta fazendo "composting." A prefeitura provides caixinhas e sacos biodegradables para cada casa, ristorante, etc. Legal neh? Descupa o porto-ingles.
    Liana

    ResponderExcluir
  23. ju,é isso aí, beijão da sua fã, Tia Kiki

    ResponderExcluir
  24. Espetacular, vou começar a usar não só em casa, mas na clínica também. Adoro recicláveis. Parabéns e já estou divulgando a idéia.
    Abraços

    ResponderExcluir
  25. Muito legal, fácil e ecológicamente correto!!! Já estou utilizando e já estou compartilhando com várias pessoas...
    Obrigada!!
    Claudia Bartelle Poa/RS

    ResponderExcluir
  26. ADOREI a ideia e já implementei no meu Restaurante!

    Obrigada pela maravilhosa dica!

    Mariana Andrade - Viamão/RS
    Restaurante Mesa & Sobremesa

    ResponderExcluir
  27. Achei interessante, mas... Jornais possuem tinta que não é biodegradável e provavelmente teremos problemas com o ambiente na hora de descartar os jornais.

    Fora que para fazer papel as empresas investem na produção de celulose de eucalipto, árvore exótica e que promove a destruição de nossa biodiversidade.

    Para tornar o papel branco as empresas usam químicas poluentes...

    O problema é BASTANTE complicado e, infelizmente, temos que voltar a agir como nossos avós: comprar somente em promoções, sempre um pouco de cada vez e com as sacolas de ráfia, plástico ou outros materiais resistentes.

    Estou pesquisando por alguns anos e até agora a melhor solução que achei foi mesmo o uso de sacolas, além da compostagem caseira, claro!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  28. eu já conhecia essa técnica e achei muito legal vc usá-la para isso! vou passar a fazer por aqui tbm!

    ps: adorei seu blog!

    beijuuu

    ResponderExcluir
  29. Agora não tem mais desculpas...né pessoal

    ResponderExcluir
  30. Adorei a idéia,agora é só por em pratica.

    ResponderExcluir
  31. Sim, mas e como faço para jogar o saquinho de papel na lixeira do meu predio???? Ele seria util se pudesse fechar para não atrair insetos e mau cheiro.

    ResponderExcluir
  32. Olá!!!

    Recebi esta dica por email, postei no meu blog na terça feira e tive 278 visitas neste dia, adorei, vou utilizar na Feira sobre Consumo Consciente em um praça cetral na minha cidade Joinville SC, a ong que eu participo é voltada para as bacias hidrográficas e vamos falar dos impactos dos plástico nos rios e oceanos, pesquisei agora na net e descobri seu blog, já linkei ele no post que fiz... Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  33. Legal, mas a folha de jornal (os escritos, imagens, cores) contém chumbo, claro que numa quantidade mínima, mas tem e isso polui ou não?

    ResponderExcluir
  34. Que blog gracioso, Juliana!
    Recebi um e-mail com esta sugestão do uso de jornal para fazer saquinhos de lixo.
    Muito boa iniciativa.
    Daí, saí pesquisando a procedência e cheguei aqui. Colocarei no meu blog um link para o seu espaço, porque, além desta postagens, tem várias outras muito interessantes e úteis.
    Divulgue mais! Coloque uma lista de seguidores, ou então, habilite um e-mail para que se possa acompanhar suas atualizações.
    O que é bom tem que ser divulgado!
    Meu abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  35. Na verdade toda iniciativa de preservar a Natureza sempre é muito bem vinda, por menor que ela seja se bem divulgada pode representar muito.
    Excelente post,
    Vitor.

    ResponderExcluir
  36. Excelente idéia! Obrigada por partilhar conosco!

    ResponderExcluir
  37. Achei excelente a ideia do saquinho de jornal, porem após algumas semanas, pesquisei a composição das tintas dos jornais, e fiquei surpresa por encontrar chumbo. Então como fica o meio ambiente?
    Alguem poderia dar-me a solução?
    Ah, parei de usar os saquinhos...
    Hiroko

    ResponderExcluir
  38. Duas questões sempre bastante comentadas:
    1) claro que a sugestão é que se faça o saquinho com jornal usado, o seu próprio ou o de um vizinho. A idéia não é comprar jornal novo para isso, é reaproveitar um material que já foi fabricado para um outro fim, por isso as questões "o papel gera desmatamento", "químicos poluentes são usados para fazer o papel ficar branco", entre outras, não estão envolvidas aqui. O uso so saquinho de jornal, a meu ver, não estimula a produção de jornal.
    2) sim, ainda se usa chumbo na composição das tintas usadas na impressão do jornal, por isso é uma questão de comparação: o que será menos pior: descartar plástico ou chumbo? Há que se comparar, por exemplo, a quantidade descartada e o impacto ambiental de cada material. Na minha opinião uma pequeníssima quantidade de chumbo tem menos impacto do que uma grande quantidade de plástico.
    Como a solução perfeita ainda não existe, a saída é cada um fazer suas comparações, suas ecolhas, mas acima de tudo diminuir o descarte de lixo no meio ambiente.
    Obrigada pela visita e voltem sempre!

    ResponderExcluir
  39. certo, só não entendi uma coisa... isso aí forra a lixeira e depois vc tira pra jogar fora, mas há 2 questões: 1ª: como se 'amarra' isso aí pra evitar que o lixeiro, ao pegar tudo, não saia derrubando os papéis higiênicos pelo caminho? 2ª: Para os dias de chuva, como fica??

    (não sou um destruidor da natureza, essas são dúvidas que tenho. realmente adorei a iniciativa e quero, tão logo que aprender a fazer isso, implementar em minha casa)

    ResponderExcluir
  40. Olá. Gostaria de saber se posso divulgar o passo a paso da sacolinha de jornal com as fotos no nosso Blog. Se for possível, por favor me mande um ok no nosso email: grupomobi@gmail.com. Obrigada.Rose

    ResponderExcluir
  41. Olá, Juliana! Obrigada por ter passado pelo meu blog e ter me deixado o recado falando da sua autoria. Eu realemten nãos abia de quem era, justamente por ter visto em muitos lugares na net e por ter recebido por e-mail de alguns amigos também.
    E você está certa sim em solicitar os créditos devidos, nada mais justo.
    Pode ficar tranquila que já vou editar o post dando-lhe os devidos créditos, viu!
    parabéns mesmo pela iniciativa e pelo PAP!

    E seja sempre muito bem vinda ao meu espaço. ;oD

    Xerinhos
    Paty

    ResponderExcluir
  42. Juliana, como vai? Gostei da sua reivindicação, é justa.

    O e-mail que recebi foi de uma amiga pessoal e o link que ela divulgava era direcionado para post do Instituto Akatu.
    Lá haviam essas imagens do passo a passo da montagem desses saquinhos de jornal para coleta do lixo orgânico, as quais copiei e divulguei aqui no Blog.
    Link: http://www.akatu.org.br/central/noticias/2010/veja-como-fazer-saquinho-de-jornal-para-o-lixo


    Na mesma semana que divulguei o post, assisti, por acaso, uma entrevista da gerente do Insituto Akatu no Jornal Hoje, da Rede Globo e lá ela mostrava novamente como fazer e sugeriria a idéia ao público consumidor num mercado qualquer.
    O link para essa reportagem e vídeo é:

    http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2010/11/pequenas-atitudes-diarias-ajudam-na-reducao-do-uso-de-sacolas-plasticas.html

    De qualquer modo, fiz um update no meu post referenciando o seu post e comentando esse nosso contato. Pode conferir lá depois.
    http://blogdati.com/2010/10/13/saquinho-de-jornal-para-o-lixo-em-10-passos/

    Sei que na internet há muita citação sem referências adequadas e principalmente, muito plágio e equívocos éticos. Sou contra, já fui plagiada inúmeras vezes e acho mesmo muito chato e frustrante.

    A sua idéia e sugestão me parece, foi alardeada por tantos, via e-mail ou outras formas, porque faz bem, porque é simples e inteligente. E como vivemos um tempo de iniciativas para preservar o meio ambiente, nada melhor do que nos curvamos a todas as "dicas verdes" que surgirem, certo?!

    Obrigado pela visita e pela troca. Felicidades!

    ResponderExcluir
  43. Oi, Juliana! Eu sou a Barbara, do site senhorbomjesus.net

    Me perdoe por não ter dado os créditos, recebi por e-mail e divulguei lá.

    Muito obrigada, não só poder ter passado lá e deixado o link para o seu blog como também pela bela iniciativa.

    Fique com Deus

    ResponderExcluir
  44. Super dica!!!
    Estou começando a aplicar na lixeirinha do meu escritório, que uso para colocar papéis que separo para reciclar. O próximo passo é conversar com o pessoal de casa pra adotar essa iniciativa que é muito legal mesmo.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  45. Oi! Vi sobre esses saquinho no Jornal Hoje. Louvável a sua idéia, estava atras do passo a passo quando cheguei no seu blog. Vou fazer todos aqui de casa aderirem!

    ResponderExcluir
  46. Patrícia disse...
    Parabéns pelo blog e pela iniciativa. Adorei o saquinho de papel, agora não usaremos mais aquelas milhares de sacolinhas por mês. Vamos tentar fazer a nossa parte.

    ResponderExcluir
  47. eu já tinha começado a utilizar os sacos de papel que nos dão nas lojas(algumas)..e á dias numa mercearia perto de mim, começaram a vender sacos de papel para o lixo, que vem 5 (parece-me) por um euro- não sei quanto é ai:(

    mas o bom da sua dica,para além da redução do plástico, é aproveitar os jornais velhos..e a propaganda que acaba no papelão muitas vezes sem ser lida...ou poior espalhada pela rua, com a lei dos correios para reduzir publicidade que não se quer, deixam na caixa comunitária, que é fora do prédio..não é preciso dizer mais nada ....
    vou começar a trazer todas :)

    ResponderExcluir
  48. Oi, Juliana:

    Cheguei até aqui através do blog da Rute (Publicar para Compartilhar) que me levou até o da Neide (Come-se), e fiquei feliz em encontrar mais uma pessoa preocupada com o Meio-Ambiente !

    Eu moro num sítio, e meu lixo orgânico vira adubo, o lixo limpo é doado para um visinho que vende para a reciclagem e o restante, que é só um pouquinho, vai para o lixão da cidade.
    Não faço esse lindo saquinho, mas forro a lata do lixo orgânico com jornal, que também vai para a terra.

    Estarei sempre por aqui !

    Beijo

    ResponderExcluir
  49. Olá, sou seguidora deste blog nº 101!!!

    Quero parabenizar pelo blog e principalmente pela ideia do saquinho do jornal. Já fiz pra minha casa e vou ensinar aos meus filhos e catequizandos (sou catequista). Também postarei a ideia no meu blog pessoal. Agora já sei o que fazer com os jornais qe diariamente recebo em casa! Lendo o jornal de hoje que achei essa ideia (O Globo - 19/04/11) e lá indica o blog pra aprender. Estou passando essa ideia adiante porque o que é bom e útil deve ser divulgado. Parabéns!!!
    Quem quiser acessar o meu blog: www.blogdesimonecruz.blogspot.com
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  50. Legal...
    Depois que o saco de jornal estiver cheio de lixo, voce tira do cesto, põe numa sacola plástica e coloca pro lixeiro levar !

    ResponderExcluir
  51. oi,Juliana ,já publiquei este seu trabalho no meu blog,assim como repassei o seu email.......Adorei e uso este seu saquinho.......
    Li hj o seu agradecimento na Revista Razão Social do jornal, O Globo.....seu blog está desativado??????Um abraço,Monique

    ResponderExcluir
  52. Olá Juliana,

    Há um tempo atrás, vi essa idéia do saquinho de jornal para substituir a famigerada sacolinha plástica, mas como foi feito muito rápido não consegui anotar. Hoje resolvi procurar no Google e encontrei seu blog.
    Realmente é muito fácil fazer e ainda se aproveita o jornal que muitas vezes também vai para o lixo. Tenho alguns amigos que possuem assinatura e vou pegar com eles todos os jornais velhos, daqui por diante rsrsrs...
    Também faço parte dessa pequena mas incansável, turma que se preocupa de verdade, com a proteção do meio ambiente. Quando morava em Juiz de Fora/MG, adquiri minha primeira sacolinha retornável numa rede de supermercados de lá e hoje, vejo que Minas mais uma vez dá exemplo com a Lei que proíbe a distribuição dessas sacolas tão danosas ao meio ambiente. Sabemos que todos os dias,várias tartarugas marinhas morrem engasgadas, pois confundem as sacolinhas com as águas-vivas, um dos alimentos dessas tartarugas.
    Com sua licença, vou postar seu blog em algumas redes sociais que frequento e também vou seguí-la com meu blog, cujo endereço está logo abaixo.
    Parabéns por sua iniciativa. Vamos multiplicar essa idéia!!!
    Abs,
    Glória

    http://gloriasoares.blogspot.com

    ResponderExcluir
  53. Muito boa a dica do saquinho! =D
    E já que estamos falando sobre lixo...
    Pelo que entendi, tu coloca tudo num saco grande que é descartado uma vez por semana (ou algo neste sentido).
    Sugiro ter pelo menos 3 sacos: um para o lixo do banheiro, um para o lixo da cozinha (que também dá pra fazer a compostagem) e outro para o lixo seco, que segue para a reciclagem.
    Só mais uma dica pra completar a ideia.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  54. Demais , muito legal ! Vou falar essa dica para a minha escola :D

    ResponderExcluir
  55. Legal, eco, lógico !

    ResponderExcluir
  56. Ju,esta sua idéia eu postei no site mochileiros.com ( com os devidos créditos )
    http://www.mochileiros.com/saquinho-de-jornal-onde-voce-poe-o-seu-lixo-t54113.html
    e postei também uma dica para fechar saquinhos,
    http://www.mochileiros.com/ideia-para-fechar-saquinhos-t59799.html( não sei de quem é esta idéia),inclusive já vi em outros sites ( http://www.rainhasdolar.com )Quem souber o autor informe.

    ResponderExcluir
  57. Belo e útil Blog. Parabéns! Genial a utilização de jornal no lixo. Gostei de tudo. Abraços.

    ResponderExcluir
  58. Nossa, achei muito legal essa dica, mas tenho só uma perguntinha, como você faz para fechar e jogar fora? Obrigada!

    ResponderExcluir
  59. Excelente, vou postar em meu site www.seumundosustentavel.com.br

    ResponderExcluir
  60. Oi Juliana, adorei a sua ideia do saquinho de jornal. Postei no meu blog, com os devidos créditos! Espero uma visitinha sua lá depois!

    http://eudevaneio-tudevaneias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  61. 3 meses - A lignina, substância que dá rigidez às células vegetais, é um dos componentes mais importantes do papel. Ela não se decompõe facilmente, pois suas moléculas são maiores do que as bactérias que as destroem. Num lugar úmido, o papel leva três meses para sumir e ainda mais do que isso em local seco. Além disso, um papel absorvente dura vários meses. Jornais podem permanecer intactos por décadas.

    ResponderExcluir
  62. Anônimo, obrigada por sua visita.
    Se voltar, deixe nome e e-mail... seria interessante aprender mais sobre papel com você.
    Você trabalha na área?
    Seja sempre bem vindo!
    Juliana.

    ResponderExcluir
  63. Legal , criativo , Mas cuidado com o Chumbo da Tinta usada no Jornal ....

    ResponderExcluir
  64. Olá, Juliana!
    Parabéns pela ideia, é muito boa mesmo.

    Querida, você viu que, ontem, esse seu saquinho apareceu em uma matéria do Fantástico, da Rede Globo? Quando vi, achei bem legal.

    Hoje, recebi um e-mail de uma colega falando do saquinho, mas divulgado em um outro Blog. Neste, há um comentário seu, referente à sua autoria, o que me levou a chegar aqui!

    Bem, estou comentando apenas para te dizer que seu saquinho de papel apareceu na televisão, mas acho que não ouvi seu nome na matéria.

    Então, sugiro que você escreva para eles!
    Pode ser que, no domingo que vem, eles mostrem que a autoria é sua.

    ^_^ beijos!

    ResponderExcluir
  65. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  66. Achei interessante o procedimento, entretanto, como conseguirei fechar este lixo alternativo para colocá-lo na calçada e evitar a aproximação de animais? Com saquinhos, o fechamento se torna mais fácil, e com folhas de jornal, como proceder?

    ResponderExcluir
  67. muy bueno!! comparti tu idea en http://www.facebook.com/ReCiclaDaVida
    Gracias por mostrarnos y enseñarnos.

    ResponderExcluir
  68. Maravilha,muito bom esse blog,ta de parabéns,vou recomendar para todo mundo,da até gosto de ver blog assim,vou recomendar msm como estou recomendando o www.detetive-particular.org que é muito bom tb que uso na minha empresa de software espiao www.softwarecelularespiao.net , parabéns e abraços!!!!

    ResponderExcluir
  69. Aos que perguntam como fechar para jogar fora: o lixo não deve ser jogado fora somente dentro do saquinho de jornal, que pode ser rasgado facilmente. A ideia é deixar de jogar diversas sacolinhas dentro de um saco de lixo grande, e passar a jogar os saquinhos de jornal dentro de um único saco de lixo, que é colocado na rua no dia do lixeiro. Assim não fazemos "cápsulas" de plástico dentro de plástico dentro de plástico, o que torna mais difícil a decomposição dos resíduos.
    Obrigada e um abraço,
    Juliana.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por comentar.
E se você não tem um blog nem um endereço no gmail, para enviar seu comentário basta clicar na opção "anônimo", logo abaixo da caixa de texto. Mas, por favor, assine seu nome.